Direitos de TV afundam Liga francesa que estima perdas de 1,3 mil milhões de euros para esta temporada

Previsão de queda substancial da receita significaria um recorde negativo para o futebol francês, que espera recuperar parte dos lucros cessantes com a comercialização dos direitos televisivos e a venda de jogadores, apesar do mercado estar sobre uma clara recessão.

Enquanto espera por um parceiro que assuma os direitos televisivos, a Liga francesa de futebol (Ligue 1) antecipa perdas de 1,3 mil milhões de euros para a presente temporada. A previsão de perdas substanciais de receita significaria um recorde negativo para o futebol francês.

O valor, adiantado pelo “L’Équipe”, ascende a 1,3 mil milhões de euros, no quadro de uma crise económica sem precedentes provocada pela pandemia de Covid-19. Esta crise junta-se ao conflito sobre os direitos televisivos com a Mediapro, que obrigou a liga a lançar um novo concurso de emergência à procura de dinheiro para ajudar os clubes.

Em dezembro passado, Jean-Marc Mickeler, presidente da Direção Nacional de Controlo e Gestão (Dncg), havia antecipado ao jornal francês que os clubes deixariam de ganhar 800 milhões de euros. Este valor é muito inferior às estimativas da Liga francesa.

A previsão de queda substancial da receita significaria um recorde negativo para o futebol francês, que espera recuperar parte dos lucros cessantes com a comercialização dos direitos televisivos e a venda de jogadores, apesar do mercado estar sobre uma clara recessão.

Para a LFP, a ausência de público nas bancadas representa uma redução nas receitas de 400 milhões de euros, valor semelhante ao dinheiro que as equipas vão deixar de gerar com a venda de jogadores, enquanto avalia em 500 milhões de euros a diminuição nas receitas provenientes dos direitos televisivos.

Recomendadas

Premium‘Dragões’ e ‘leões’ com os olhos no título e nos milhões

FC Porto e Sporting CP entram em campo separados por 10 pontos. Em causa está não só o título nacional, como a própria entrada direta na Liga dos Campeões que, no caso dos portistas, poderá levar a vendas de jogadores devido ao fair-play financeiro.

Porto-Sporting. Casas de apostas dão favoritismo ao campeão em título da I Liga

O jogo a contar para 21ª. jornada realiza-se no Estádio do Dragão, opondo o Porto, atual segundo classificado, ao Sporting, a equipa que lidera a I Liga. Dada a desvantagem de dez pontos do segundo classificado para o líder da tabela, o jogo é encarado como decisivo na corrida pelo título.

Presidente de comité organizador dos Jogos Olímpicos deseja público nas bancadas

A nova presidente do comité organizador dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, Seiko Hashimoto, disse que quer ter público nas bancadas do evento, adiado um ano devido à pandemia de covid-19.
Comentários