PremiumEric Mestre: “As empresas personalizam cada vez mais a sua oferta”

Eric Mestre, managing diretor da Accenture Europa, responsável pela área de Consumer Goods, explica as principais tendências do consumo em 2019.

Do luxo ao retalho, as empresas personalizam cada vez mais a sua oferta e abrem portas à inovação. Eric Mestre, managing diretor da Accenture Europa e responsável pela área de Consumer Goods, explica que o consumidor é, hoje em dia, parte do “ecossistema da marca”. “Assistimos a uma lealdade às marcas, no sentido de que os consumidores querem participar. Como são leais a uma marca, acham-se no direito de expressar os seus sentimentos e as suas vontades. Eu venho de França, onde as pessoas querem ser questionadas, falar sobre os assuntos e que a sua opinião tenha mais importância”, diz este responsável da Accenture ao Jornal Económico.

Na opinião de Eric Mestre já não chega ter uma celebridade a representar determinada marca. “O que existe agora é uma rede organizada de influenciadores. Através das redes sociais irão estimular a lealdade a determinada marca”, acrescenta.

Artigo publicado na edição semanal de 2 de agosto, de 2019, do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

Diretor executivo de tecnologia da Microsoft escolhido por Siza Vieira para a Transição Digital

O gestor da Microsoft Portugal foi o nome escolhido pelo ministro Pedro Siza Vieira para ocupar a nova secretaria de Estado, que terá como função dar à tecnologia um papel ativo na simplificação de processos.

Cerca de 60 pessoas em protesto contra o fecho dos CTT no Monte de Caparica

Cerca de 60 pessoas protestaram hoje contra o fecho do único posto de correios no Monte de Caparica, em Almada, no distrito de Setúbal, afirmando que vão “lutar até ao fim” para que permaneça na freguesia.

A senhora que se segue no Turismo é Rita Marques, atual CEO da Portugal Ventures

Rita Marques lidera a Portugal Ventures, entidade que resultou da fusão de três Sociedades de Capital de Risco em Portugal – AICEP Capital, InovCapital e Turismo Capital.
Comentários