Documentos de clientes da PLMJ expostos na Internet após ataque informático

O blogue “Mercado de Benfica” divulgou ontem documentos com origem nos servidores da PLMJ Advogados, expondo informação de clientes como António Mexia, Manuel Pinho ou Ricardo Salgado. A firma está a avaliar “impacto potencial desse acesso ilegítimo”.

O blogue “Mercado de Benfica”, conhecido pelas sucessivas divulgações de “e-mails” intercetados a partir dos servidores da Sport Lisboa e Benfica Futebol SAD, disponibilizou ontem um conjunto de documentos com origem nos servidores da PLMJ Advogados. São cerca de quatro gigabytes de dados com informação sobre processos de vários clientes da PLMJ, nomeadamente António Mexia, Henrique Granadeiro, Manuel Pinho e Ricardo Salgado, além de dados sobre contas “offshore” da Galilei (sucedânea da SLN/BPN) integradas na “holding” estatal Parvalorem.

O Jornal Económico contactou a PLMJ ao início da tarde de ontem, questionando sobre o que tenciona fazer em relação ao ataque informático e divulgação de documentos confidenciais, tendo obtido o seguinte esclarecimento: “Na sequência de sucessivas tentativas de intrusão ilícitas, a segurança de rede de PLMJ foi recentemente comprometida. A PLMJ está a avaliar o impacto potencial desse acesso ilegítimo a informação, tendo definido de imediato, em conjunto com uma equipa de especialistas, medidas preliminares de proteção e contenção”.

“A segurança das informações dos nossos clientes e a defesa dos seus interesses e direitos são a nossa prioridade. Manter-vos-emos informados de toda e qualquer evolução ou factos novos substanciais relacionados com este tema”, asseguraram os responsáveis da firma de advocacia.

O blogue em causa tinha sido suspenso pela plataforma WordPress na sexta-feira, dia 4 de janeiro, na sequência de queixas apresentadas pela Sport Lisboa e Benfica Futebol SAD. No entanto, o mesmo blogue acabou por ressurgir noutro endereço logo no domingo. E na madrugada de segunda-feira começou a disponibilizar os documentos recolhidos a partir dos servidores da PLMJ. A maior parte dos quais são relativos à “Operação Marquês”.

Relacionadas

Cibersegurança deve fazer parte do ADN das empresas

As organizações investem cada vez mais em tecnologias emergentes como parte dos seus programas de transformação digital.

Três advogados reforçam equipa jurídica do SL Benfica

João Medeiros, Paulo Saragoça da Matta e Rui Patrício vão lidar com todos os processos em que o clube se encontra envolvido.
Recomendadas

PremiumLuísa Augusto: “Os ciberataques estão a mudar diariamente”

A ‘associate director’ da Accenture Technology explica como a tendência tecnológica “Secure Us to Secure Me” é uma das que as organizações devem considerar para serem bem-sucedidas.

Carlos Pinto de Abreu apoia português acusado de ajuda à imigração ilegal

A sociedade de advogados está a prestar apoio jurídico a Miguel Duarte através de uma equipa liderada pelos sócios Vânia Costa Ramos e Rui Elói Ferreira.

Direito a desligar do trabalho: o novo projeto de lei e onde não se pode falhar

O grupo parlamentar do PS esteve bem ao não se deixar influenciar pela proposta do legislador francês de apenas prever o direito a desligar para o universo de empresas com 50 ou mais trabalhadores.
Comentários