Donald Trump vai abandonar Washington horas antes da investidura de Biden

Donald Trump, que tinha anunciado na sexta-feira que não compareceria à cerimónia de investidura de Joe Biden, voará para o seu clube em Mar-a-Lago, na Flórida, de onde deverá assistir televisivamente à tomada de posse de Biden, na companhia de alguns assessores.

O Presidente cessante dos EUA, Donald Trump, abandonará Washington na manhã de quarta-feira, horas antes da tomada de posse do seu sucessor, o democrata Joe Biden, disse uma fonte da Casa Branca.

Donald Trump, que tinha anunciado na sexta-feira que não compareceria à cerimónia de investidura de Joe Biden, voará para o seu clube em Mar-a-Lago, na Flórida, de onde deverá assistir televisivamente à tomada de posse de Biden, na companhia de alguns assessores.

Depois de ter se recusado a reconhecer, por mais de dois meses, a sua derrota na eleição de 03 de novembro, Donald Trump acabou por prometer uma transição de poder tranquila, mas sem nunca ter dados os parabéns a Biden.

O seu vice-Presidente, Mike Pence, já disse que estará presente na cerimónia de investidura, que não contará com público nas ruas de Washington, por razões sanitárias e de segurança, sendo substituída por uma cobertura televisiva, que contará com um programa especial transmitido por vários canais e abrilhantado com a participação de várias figuras do espetáculo.

As autoridades estão a preparar uma cerimónia de saída de Trump da Casa Branca, que se assemelhará, em termos de figurino protocolar, a uma visita de Estado, com um tapete vermelho, banda militar e saudação de 21 tiros.

Recomendadas

PremiumExploração espacial: Todos os caminhos vão dar a Marte

O planeta vermelho está por estes dias cheio de trânsito: três missões – dos Estados Unidos, da China e dos Emirados Árabes Unidos – evoluem em paralelo, na tentativa de darem a perceber melhor as suas caraterísticas, até porque a NASA pretende trazer amostras recolhidas pela Perseverance de volta para a Terra. Entre o sonho humano de chegar sempre mais longe e a vontade política de comandar esse sonho, Marte é a próxima fronteira.

PremiumPablo Hasél: Rap para aquecer as noites frias do inverno catalão

Um rapper está preso desde o dia seguinte às eleições na Catalunha. Não será motivo suficiente para explicar o incêndio que volta a devastar Barcelona: o impasse político com Madrid mantém-se e parece mesmo ter possibilidade de aumentar. Entretanto, ainda ninguém sabe como será o próximo governo da autonomia.

Pokémon comemora 25 anos em alta com ajuda da pandemia

O vídeojogo Pokémon, uma das franquias globais mais bem sucedidas, assinala hoje 25 anos da estreia no Japão, agora reforçado pela pandemia da covid-19 que tem impulsionado o entretenimento digital.
Comentários