Dragagens do porto de Setúbal devem começar amanhã

Administração do Porto de Setúbal diz que está a trabalhar com as associações de pescadores para encontrar uma solução que defenda os interesses da comunidade piscatória.

Apesar do crescendo da polémica em torno do projeto, as dragagens do porto de Setúbal deverão arrancar amanhã, dia 11 de dezembro, conforme assegurou hoje a presidente da APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, Lídia Sequeira, em declarações ao programa radiofónico ‘TSF Fórum’.

De acordo com um comunicado da APSS, a que o Jornal Económico teve acesso, “os trabalhos de dragagem terão inicio no canal da barra e estão previstos começar no decorrer desta semana”.

“A previsão é para que decorram até maio de 2020”, adianta o referido comunicado.

De acordo com esta nota informativa, “os primeiros dragados serão colocados no aterro a nascente do terminal ‘Ro-Ro’ [para automóveis] e os restantes nos locais de deposição constantes da Declaração de Impacte Ambiental [DIA].

“A APSS, SA tem estado particularmente atenta às preocupações manifestadas pelas associações de pescadores, com as quais está a trabalhar no sentido de encontrar uma solução que, assegurando o cumprimento da DIA, salvaguarde os interesses da comunidade piscatória de Setúbal.

Relacionadas

Porto de Setúbal diz que estão criadas as condições para avançar com as dragagens

Após uma reunião com a comissão eventual da Assembleia Municipal de Setúbal, a APSS considera que estão criadas “as condições para avançar com os trabalhos de dragagem”.

Dragagens no Sado geram ações judiciais, providências cautelares, requerimentos, petições na AR e manifestações

As obras deverão iniciar-se esta semana, mas a onda de contestação está a crescer, devendo chegar à Assembleia da República na próxima semana.
Recomendadas

EDP vai continuar a “analisar oportunidades” na energia solar e hidrogénio verde em Portugal

Miguel Stilwell de Andrade, o novo presidente executivo da maior empresa da bolsa de Lisboa, esteve hoje reunido com os jornalistas depois de ser nomeado para o cargo pelos acionistas. “Estamos sempre disponíveis para analisar oportunidades que possam existir de investir” na energia solar e hidrogénio verde em Portugal.

Governo diz que CGI “é soberano” na forma de escolher o novo conselho de administração da RTP

Conselho Geral Independente da RTP inicia em breve o processo de seleção do próximo conselho de administração da RTP, através de uma empresa especializada em recrutamento. BE entende que deveria ser por concurso internacional. Governo diz que cabe ao CGI decidir como fazer a seleção.

Sindicatos pedem ao Santander para suspender saída de pessoas durante o confinamento

Os três sindicatos – SNQTB, SBN e SIB – já fizeram chegar a sua posição à comissão executiva do Banco Santander liderada por Pedro Castro e Almeida. Os sindicatos pedem que durante o confinamento o processo de redução de pessoal fique suspenso.
Comentários