É funcionário público? Já pode calcular qual será a sua reforma

O cálculo do simulador baseia-se no regime de aposentação não antecipada (66 anos e cinco meses) e antecipada (normal – 30 anos de serviço aos 55 anos de idade – ou por carreira muito longa – 60 anos de idade e 46 anos de serviço.

O simulador de Pensões para a Caixa Geral de Aposentações (CGA) está operacional a partir desta sexta-feira, anunciou o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSS). Com esta nova plataforma digital, os beneficiários conseguem calcular o valor ilíquido da sua reforma e saber a idade em que se podem aposentar.

Por enquanto, esta ferramenta pode ser utilizada por subscritores inscritos na CGA até 31 de agosto de 1993, a entregar quotas e a beneficiar das regras gerais de aposentação, ficando de fora os regimes especiais (como militares ou polícias). A nova ‘calculadora de reformas’ comtempla três fases de implementação, que vão decorrer ao longo do ano, e permite que o trabalhador do Estado faça uma simulação quando atinge o limite de idade para se aposentar (70 anos), refere o comunicado do Governo, enviado esta manhã.

O cálculo baseia-se no regime de aposentação não antecipada (66 anos e cinco meses) e antecipada (normal – 30 anos de serviço aos 55 anos de idade – ou por carreira muito longa – 60 anos de idade e 46 anos de serviço, desde que a inscrição na CGA ou na SS tenha ocorrido em idade igual ou inferior a 16 anos, ou 60 anos de idade e 48 anos de serviço), segundo o Governo.

Como posso utilizar o simulador?

  • Aceder ao portal da “CGA Directa”, autenticar-se com o respetivo utilizador e a palavra-passe
  • Selecionar a opção “Simulador”.
  • Escolher uma das opções:
  • a) Simulação automática – que permite conhecer o valor ilíquido estimado da pensão na data a partir da qual terá direito a uma pensão sem redução;
  • b) Simulação em data à escolha do subscritor, em momento anterior ou posterior ao apresentado na simulação automática.

Na semana passada, o ministério liderado por José António Vieira da Silva anunciou que o saldo global do subsetor da SS atingiu os 1.969,6 milhões de euros em 2018, representando mais do dobro do saldo previsto (929,6 milhões de euros), mas menos 5,6% em termos homólogos. A motivar esta variação negativa esteve a subida da receita efetiva em 573,9 milhões de euros e o aumento da despesa efetiva em cerca de 690,2 milhões de euros.

Relacionadas

Simulador de pensões na função pública estará pronto no início de 2019

“Estamos a finalizar” o simulador de pensões da Caixa Geral de Aposentações, disse Vieira da Silva,

“Quanto vou ganhar na reforma?”: Veja aqui como fazer as contas

Sabia que pode simular o valor e a idade da sua reforma? A Segurança Social tem uma ferramenta informática que permite saber o dia em que se pode reformar e quanto vai receber. Veja aqui como funciona.
Recomendadas

PremiumChina compra dois terços do petróleo angolano

China importou dois terços do petróleo de Angola. Espanha foi o terceiro maior importador, à frente dos EUA, e Portugal foi o 8º maior comprador.

Quais são os apoios e financiamentos disponíveis em Portugal para I&D?

Existem vários mecanismos financeiros para as empresas que desejam apostar em Investigação e Desenvolvimento. O Jornal Económico selecionou alguns dos apoios e linhas apresentados por várias instituições.

Legislativas: Bloco de Esquerda volta a propor ‘taxa Robles’

Taxa penalizadora de especulação imobiliária chegou a ser discutida com o Governo em setembro, mas não foi viabilizada. Bloco de Esquerda resgata proposta para as legislativas de 6 de outubro e avança agora com detalhas sobre os valores de tributação.
Comentários