“É o pior dos momentos para haver crise económica”, avisa Marcelo

O Presidente da República falou com otimismo na aprovação do Orçamento “porque isso é uma condição de estabilidade política institucional e, obviamente, económica e financeira, num tempo que é um tempo complicado no mundo, complicado na Europa”.

Twitter

Marcelo Rebelo de Sousa comentou esta sexta-feira a aprovação do Orçamento do Estado 2020, reiterando que “aconteceu aquilo que eu previa quando disse que não estava preocupado com a passagem do Orçamento do Estado, nomeadamente, na generalidade”.

O Presidente da República falou com otimismo na aprovação do Orçamento “porque isso é uma condição de estabilidade política institucional e, obviamente, económica e financeira, num tempo que é um tempo complicado no mundo, complicado na Europa”.

Marcelo Rebelo de Sousa recordou que o Presidente da República “não tem poder de dissolução do Parlamento até abril e deixa de ter a partir de setembro até ao final do mandato”. Assim, o chefe de Estado realçou que este “é o pior dos momentos para haver crise económica, financeira ou política. Por isso tudo o que seja um sinal de estabilidade é bom”.

Relacionadas

Oficial: Orçamento aprovado na generalidade com abstenção da esquerda e do PSD Madeira

Os três deputados da Madeira abstiveram-se, indo contra o sentido de voto do PSD nacional, que votou contra tal como o CDS, Chega e da Iniciativa Liberal.
Recomendadas

Nigel Farage: “O Brexit é apenas o início de uma reconfiguração na Europa”

O antigo presidente do UKIP e cofundador do Partido Brexit considera que a saída do Reino Unido da União Europeia é resultado de um exercício democrático. “Não há volta a dar. Isto é uma vitória”, afirmou esta quarta-feira em conferência de imprensa em Bruxelas.

OE2020: Partidos apresentaram mais de mil propostas de alteração à proposta orçamental

Entre as alterações de alteração ao Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) apresentadas pelos partidos estão a redução do IVA da eletricidade e nas atividades tauromáquicas, o fim dos ‘vistos gold’ em Lisboa e no Porto, cortes nos escalões mais baixos do IRS e aumentos nas pensões mais baixas.

OE2020: CDS-PP pede alívio fiscal para empresas e famílias subscrito pelo novo líder

A líder parlamentar do CDS-PP, Cecília Meireles, garante que as 40 propostas de alteração ao OE2020 que o partido apresentou esta segunda-feira são subscritas pelo novo líder democrata-cristão, Francisco Rodrigues dos Santos, e há “concordância” entre a bancada parlamentar e a nova direção.
Comentários