EatTasty vai servir refeições em Madrid

A EatTasty serve mais de 600 refeições todos os dias, na área da Grande Lisboa, mas em Madrid quer alcançar as 1.000 refeições diárias, “muito rapidamente”.

A ‘startup’ famalicense EatTasty vai começar a operar na capital espanhol e começar a distribuir refeições no mercado madrileno.

Para tal,  a empresa quer duplicar a atual equipa de oito colaboradores, revendo a entrada na distribuição de refeições em Madrid a partir do terceiro trimestre de 2019, num momento em que assinala o seu terceiro aniversário.

“Com um impressionante registo de crescimento de 434% entre abril de 2018 e março de 2019 e previsão de faturação recorde, a EatTasty está a preparar a sua internacionalização”, destaca um comunicado da Câmara Municipal de Famalicão, destacando que “esta ‘startup’ famalicense (…) marca pela diferença no negócio de confeção e entrega de almoços caseiros no local de trabalho”.

“Decidimos aventurar-nos em Madrid porque queremos provar que o nosso modelo de negócio é escalável. O nosso sonho é tornar a EatTasty numa empresa internacional e ter pessoas dos quatro cantos do mundo a deliciarem-se com a nossa comida”, afirma Rui Costa, um dos fundadores, adiantando que as previsões para 2019 apontam para um volume de negócios superior a um milhão de euros.

A EatTasty serve mais de 600 refeições todos os dias, na área da Grande Lisboa, mas em Madrid quer alcançar as 1.000 refeições diárias, “muito rapidamente”.

“É muito gratificante vermos a empresa com um crescimento assinalável. Só nos dois primeiros meses deste ano vendemos cerca de 23 mil refeições, quatro vezes mais do que no mesmo período do ano passado”, sublinha.

“Embora operando em 14 bairros lisboetas, é na incubadora Famalicão Made IN, em pleno ambiente empresarial da Riopele, que a EatTasty está instalada, sendo considerada uma das mais bem-sucedidas ‘startups’ nacionais”, destaca o referido comunicado da autarquia famalicense.

O mesmo documento acrescenta que “ao longo destes três anos de existência, a empresa de Rui Costa e Orlando Lopes já vendeu mais de 140 mil refeições e conta com um investimento superior a 370 mil euros”.

Entre os seus investidores estão a Bright Pixel; o Venture Builder Studio, da Sonae IM; a Caixa Capital; e a Olisipo Way.

“O conceito e modelo de negócio são inovadores. Todas as receitas são criadas por um ‘chef’ e produzidas com ingredientes frescos em cozinhas certificadas. Deste modo, a EatTasty assegura que as refeições são entregues às pessoas ainda quentes e prontas a comer. As encomendas podem ser feitas no ‘site’ ou através da ‘app'”, conclui o referido comunicado.

Ler mais
Recomendadas

Uber Eats chega a Aveiro para entregar ovos moles e tripas

Freguesias de Glória, Vera Cruz, Esgueira, Cacia, Santa Joana, São Bernardo, Aradas, Oliveirinha, Gafanha da Encarnação, Gafanha da Nazaré e Ílhavo vão passar a usufruir do serviço de entregas da plataforma Uber Eats.

Indústria agroalimentar portuguesa prevê superar 17 mil milhões de volume de negócios este ano

“Esperamos que, para o nosso setor em particular e após os compromissos de reformulação, fique definitivamente afastada, no próximo orçamento do Estado, a ameaça de impostos especiais ao consumo e que haja vontade política de eliminar o imposto discriminatório que foi aplicado às bebidas refrescantes”, disse Jorge Tomás Henriques, no congresso da FIPA que contou com a presença do Secretário de Estado João Torres.

Almerim acolhe investimento de 50 milhões de euros que vai criar 183 empregos

“O projeto integra-se na estratégia municipal de afirmação do potencial agroalimentar de Almeirim, presente na afirmação de produtos regionais como o melão, o tomate ou os vinhos brancos”, lê-se no comunicado.
Comentários