Economia espanhola afunda 21,8% no segundo trimestre, estima Banco de Espanha

A estimativa foi revelada esta terça-feira pelo governador do Banco de Espanha, Pablo Hernández de Cos, durante a comissão de Reconstrução Social e Económica no Congresso dos Deputados de Espanha. 

Embora os números possam vir a ser revistos, admitindo que o impacto económico da pandemia da Covid-19 ainda não é exato, o Banco de Espanha estima que a economia espanhola vai sofrer um revés de pelo menos 16%, no segundo trimestre de 2020, calculando que o ritmo da economia pode travar até 21,8%.

A estimativa foi revelada esta terça-feira pelo governador do Banco de Espanha, Pablo Hernández de Cos, durante a comissão de Reconstrução Social e Económica no Congresso dos Deputados de Espanha.

“A estimativa preliminar indica que o PIB [produto interno bruto] diminuiu 5,2% nos três primeiros meses do ano, o que representa a maior queda trimestral da nossa história recente. […] E tudo isto, apesar do facto das medidas de contenção terem afetado apenas as duas últimas semanas do primeiro trimestre”, afirmou Hernández de Cos, citado pelo El País.

De acordo com o jornal espanhol, a mensagem do governador do Banco de Espanha foi de que o pior ainda está para vir e que há muita incerteza quanto ao futuro. O regulador da banca espanhola antecipa que no melhor cenário, dependendo se há ou não há uma retoma económica moderada, o PIB de Espanha cairá entre 9% e 11% este ano. Ma no pior cenário, a quebra do PIB será sempre superior a 15%.

Recomendadas

Uso de máscara na rua (se não houver distanciamento) é obrigatório até setembro

A medida que foi publicada em Diário da República esta segunda-feira e entra em vigor amanhã prevê que o incumprimento do uso de máscara continua a constituir uma contraordenação que será sancionada com coima entre os 100 e os 500 euros.

Euro2020: Espanha e Suécia medem forças separados por 700 milhões de euros

Espanhóis são a única seleção a vencer dois europeus consecutivos, mas pela frente vão ter um conjunto sueco com quem já se cruzaram na fase de qualificação.

“Euro em Milhões”. Incógnita espanhola encontra suecos aguerridos pela frente

Espanhóis vivem dias de turbulência e nem o facto de jogarem em Bilbau dá tranquilidade aos pupilos de Luis Enrique. A Suécia, apesar de ser menos valiosa, poderá pôr a Espanha em sentido.
Comentários