Economia norte-americana mostra sinais de recuperação e anima Wall Street

No fecho da sessão, o S&P 500 sobe 1,34%, para 3,122.20 pontos, o tecnológico Nasdaq valoriza 0,78%, para 9,682.91 pontos, e o industrial Dow Jones cresce 2,05%, para 26,269.89 pontos.

Reuters

A Bolsa de Nova Iorque terminou a sessão desta quarta-feira em terreno positivo devido aos sinais de retoma da economia norte-americana que nos últimos três meses foi abalada pela pandemia do coronavírus.

No fecho da sessão, o S&P 500 sobe 1,34%, para 3,122.20 pontos, o tecnológico Nasdaq valoriza 0,78%, para 9,682.91 pontos, e o industrial Dow Jones cresce 2,05%, para 26,269.89 pontos.

O desemprego no setor privado foi de 2,76 milhões em maio, confundindo as expetativas dos economistas que apontavam para uma queda de nove milhões de postos de trabalho, sugerindo que o relatório de empregos da próxima sexta-feira também poderá desafiar as estimativas e aumentar ainda mais o sentimento dos investidores.

As companhias aéreas superaram as expetativas do mercado depois da Casa Branca ter proibido as companhias aéreas chinesas de voarem para os Estados a partir do dia 16 de junho. Esta retaliação de Donald Trump surge depois de Pequim ter impedido as companhias norte-americanas de voltarem ao mercado, em mais um episódio da escalada contínua das tensões entre os dois países.

Pequim impediu que as companhias americanas expandissem os seus serviços para ao território chinês, enquanto quatro das suas companhias aéreas mantiveram vôos para e de mercados este ano, quando a Covid-19 despoletou no país.

Recomendadas

Bolsa portuguesa acompanha Europa em alta. EDP e Sonae Capital impulsionam PSI 20

PSI 20 arrancou a ganhar 0,58% para 4.375,96 pontos, em linha com as principais congéneres europeias.

Wall Street fecha misto em dia de ‘kick-off’ do segundo semestre do ano

Apesar de o Dow Jones ter encerrado a sessão desta quarta-feira com uma queda de 0,30%, o tecnológico Nasdaq foi novamente recordista. O índice S&P também registou uma subida, de 0,50%.

PSI-20 sobe 1,4% em junho mas fica abaixo do valor registado no ano passado

A EDP (12,71%), a Galp (11,98%) e a EDP Renováveis (11,07%) foram os emitentes com maior representatividade no índice, segundo a análise da CMVM.
Comentários