EDP assina novo contrato energético no Brasil

Em causa está a venda de energia gerada pelo parque solar de Lagoa, em Paraíba, com uma capacidade total de 66 megawatts.

A EDP – Energias de Portugal anunciou esta segunda-feira que, através da subsidiária EDP Renováveis, chegou a acordo para um Contrato de Aquisição de Energia (CAE) no estado brasileiro de Paraíba.

O contrato em causa tem a duração de 19 anos e compreende a venda de energia gerada pelo parque solar de Lagoa, cujo projeto tem uma capacidade total de 66 megawatts (MW), de acordo com a informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Segundo a empresa liderada por António Mexia, as operações em Paraíba deverão ter início em 2022. “Com este novo contrato, a EDP reforça a sua presença num mercado com baixo perfil de risco, através do estabelecimento de contratos de longo prazo, recursos renováveis atraentes e perspetivas sólidas a médio e longo prazo”, refere a energética.

A EDP adianta ainda, em comunicado publicado antes da abertura do mercado, que o seu portefólio deverá chegar aos 1,3 gigawatts (GW) de capacidade já no próximo ano. “Após este novo acordo, a EDP tem atualmente contratado 5,3 GW dos 7 GW de capacidade global prevista para o período de 2019-22, conforme anunciado no Strategic Update de 12 de março de 2019”, pode ler-se no mesmo documento, divulgado esta manhã pela CMVM.

Recomendadas

Sindicato dos Maquinistas critica falta de explicações da IP

Apesar das fortes críticas à IP, o SMAQ garante que se vai abster de fazer mais declarações sobre este assunto, preferindo aguardar, “serenamente, e confiante na competência do GPIAFF, pelo relatório final”.
cais do sodré, pink street

PME dizem que novas medidas do Governo “são de bradar aos céus”

“As últimas medidas anunciadas pelo Governo para as Micro, Pequenas e Médias Empresas são de bradar aos céus”, afirma em comunicado a CPPME, acrescentando que “a permissão para os bares noturnos e as discotecas poderem abrir das 08:00 às 20:00, em serviço de pastelaria, só pode ser uma brincadeira de mau gosto”.

Rede da Câmara de Comércio e Indústria retoma prospeção de mercados em setembro

Estão previstas missões empresariais à Sérvia, Marrocos, Polónia, Azerbaijão e Costa do Marfim,
Comentários