EDP, EDP Renováveis e Galp prolongam ganhos do PSI 20 a meio da sessão

Sem dados macroeconómicos relevantes para os mercados de capitais, o principal índice bolsista português (PSI 20) negoceia em alta, acompanhando a tendência das principais praças europeias. O PSI 20 ganha 1,85%, para 4.424,43 pontos.

Na bolsa portuguesa, os investidores estão focados na entrada da EDP e EDP Renováveis na conviction list da Goldman Sachs, o que justificará os ganhos acumulados de ambas as empresas cotadas do PSI 20. A EDP Renováveis dispara 3,15%, para 14,42 euros, e a EDP avança 2,99%, para 4,41 euros.

Ainda no setor energético, a REN sobe 0,61%, para 2,47 euros, e a Galp soma 3,79%, para 9,30 euros, em linha com os ganhos do mercado petrolífero. Em Londres, o Brent, que é referência para Portugal, valoriza 0,73%, para 45,26 euros. Já o WTI, em Nova Iorque, aprecia 0,76%, para 42,66 dólares.

Os títulos do BCP (0,98%) e da Navigator (3,11%) também contribuem para os ganhos do PSI 20, que ao final da manhã tem todas as empresas cotadas a negociar no verde.

Nas principais praças europeias, entre os investidores, ecoam as notícias de que os Estados Unidos vão utilizar plasma de recuperados de Covid-19 como tratamento para os infetados com o novo coronavírus.

Do outro lado do Atlântico, as notas de mercado de que o presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou que as empresas dos EUA ainda podem fazer negócio com a aplicação móvel chinesa WeChat tranquilizam os mercados, perante a escalada de tensões que se tem sentido nas últimas semanas entre Washington e Pequim.

Recomendadas

Wall Street fecha em baixa enquanto negociações sobre pacote de estímulos se arrastam

A tecnológica Snap disparou mais de 28% no fecho da sessão desta quarta-feira, para 36,50 dólares, depois de reportar os resultados do terceiro trimestre. A dona do Snapchat teve um aumento homólogo de 52,10% nas receitas, para 678,7 milhões de dólares.

CTT e Galp lideram perdas na bolsa de Lisboa. Europa fecha em queda com alertas de Lagarde

“A castigar o sentimento estiveram as declarações da presidente do BCE de que o aumento inesperado das infeções é um “risco claro” para as perspetivas económicas na região, à medida que o surto se continua a alastrar na Europa e os países aumentam restrições”, refere o analista de mercados do Millennium bcp.

Corum assegura rentabilidade dos seus fundos de investimento, apesar da Covid-19

A Corum, sociedade francesa que gere mais de 4 mil milhões de euros em soluções de poupança, anunciou que os seus fundos, Corum Origin e Corum XL, comercializados em Portugal, já asseguraram os objetivos de rentabilidade previstos para este ano.
Comentários