EDP leva 13 startups ao Web Summit

Das 13 startups, dez foram selecionadas pela EDP de entre as 19 que estão atualmente integradas na EDP Starter – o programa de incubação e aceleração do grupo.

Ler mais

A EDP vai estar na Web Summit e leva consigo 13 startups ao evento que decorre entre os dias 7 e 9 de novembro, diz a eléctrica em comunicado.

Estas startups estarão na Web Summit a expor os seus projetos, num evento que funciona como feira de networking e de crescimento de negócios.

O Web Summit “que decorre entre os dias 7 e 9 de novembro, transforma Lisboa numa montra internacional de empreendedorismo. Estas startups estarão na Web Summit a expor os seus projetos, numa oportunidade única de networking e crescimento de negócio”, diz a empresa.

Das 13 startups, dez foram selecionadas pela EDP de entre as 19 que estão atualmente integradas na EDP Starter – o programa de incubação e aceleração do grupo. São elas: Black Block, Agroop, BeOn, EGG, Glartek, Ionseed, Pro-Drone, Sentimer, Nesto e Delfos (Vencedora do EDP Open Innovation em 2016), com negócios focados em Big Data, Internet of Things (IoT), eficiência energética, energia solar, armazenamento e distribuição de energia, explica a EDP em comunicado.

“Estas startups estarão inseridas no programa ALPHA da Web Summit e terão direito a uma zona de exposição, mentoring, workshops, participação em mesas redondas e contato com investidores”, diz a EDP que acrescenta que as “restantes três startups são as primeiras classificadas do EDP Open Innovation e foram anunciadas na grande final deste programa de aceleração que se realizou no dia 26 de outubro: Rated Power, Cosol e Invoice Capture”.

“O EDP Open Innovation  tem como objetivo apoiar o empreendedorismo tecnológico com foco em energia e nas suas múltiplas variantes, incluindo Big Data, IoT, Machine Learning, AI e Data Analytics. No ano passado, o programa expandiu-se para o Brasil e Espanha”, explica a empresa.

“Para além das 13 startups, a EDP vai também levar para a Web Summit a vontade de conhecer novas ideias nas quais possa investir, pretendendo selecionar no seu stand startups com potencial enquadramento no negócio da EDP. Essa escolha será feita através do Carousel Pitch, uma mecânica que estreou no ano passado e que teve um enorme sucesso. Por dia, os 10 melhores pitchs serão convidados para o “EDP Innovation Lounge”, onde as startups poderão expor as suas ideias a gestores da EDP”, diz a EDP em comunicado.

“As tecnologias de informação e comunicação têm um peso crescente; para as empresas do sector da energia é cada vez mais importante a incorporação dos desenvolvimentos ao nível do Big Data, IoT, Machine Learning, AI, entre outros; é fundamental que procuremos soluções inovadoras nestes e noutros campos e que tenhamos a capacidade de identificar e apoiar empresas emergentes com conceitos inovadores e que queiram trabalhar connosco; não há melhor local para procurar talento e identificar estas oportunidades”, afirma António Vidigal, Presidente da EDP Inovação, em comunicado.

A EDP, através da EDP Inovação, criou dois instrumentos, a EDP Ventures (fundo de capital de risco) e EDP Starter (programa de aceleração de startups tecnológicas). Até à data, foram apoiadas cerca de 30 startups pelo grupo, tendo algumas destas sido alvo de investimento por parte da EDP Ventures. No seu conjunto, este ecossistema deverá atingir no final do ano um volume de negócios superior a 60 milhões de euros e envolver mais de 350 postos de trabalho.

 

Recomendadas

Web Summit: Aumento de 56% nas compras e de 11% nos levantamentos no multibanco

A SIBS destaca que os visitantes oriundos de França foram os que efetuaram mais compras e levantamentos, representando 14,3% do total.

“Absurdo”, “ofensivo” e “disparate”: o que se disse do jantar no Panteão

O encerramento da Web Summit gerou polémica por ter tido lugar no Panteão Nacional. Apesar de a realização de eventos no local ser permitida por lei, recebeu críticas da esquerda à direita e também do próprio Presidente da República.

Quanto custou à Web Summit o jantar no Panteão Nacional?

O encerramento com os fundadores da cimeira tecnológica está a criar polémica pela escolha do local. Apesar de a utilização do Panteão ser autorizada e ter uma tabela de preços, o Governo já garantiu que não volta a acontecer.
Comentários