EDP vai investir 150 milhões de dólares em portfolio solar nos EUA

O portfolio, desenvolvido por First Solar Inc., tem início das operações esperado para os próximos meses e compreende três projetos, todos com contractos de aquisição de energia (“CAE”) de longo-prazo assegurados

A subsidiária da EDP, EDP Renewables North America LLC, adquiriu uma participação de 50% num portfólio solar de 278 MW, localizado nos EUA, comunicou esta terça-feira a energética à CMVM.

“A EDP espera efetuar um investimento patrimonial de aproximadamente 150 milhões de dólares, líquido de financiamento tax Equity, para a construção. O portfolio, desenvolvido por First Solar Inc., tem início das operações esperado para os próximos meses e compreende três projetos, todos com contractos de aquisição de energia (“CAE”) de longo-prazo assegurados”, realçou a EDP.

De acordo com a EDP, “a transação anunciada impulsionará o crescimento e expandirá a presença da EDP no mercado de energia solar dos EUA, sendo alavancada pelo conhecimento e experiência da EDP. Considerando a atual base de parques solares da EDP e os 1,1 GW de novos projetos de energia solar já contratados, o portfolio da EDP aumentará sua diversificação tecnológica e alcançará 1,2 GW de capacidade solar
build-out em 2022”.

Relacionadas

EDP Renováveis nomeia novo administrador executivo

Sai Gilles August entra Rui Teixeira. A ratificação desta nomeação será proposta na próxima Assembleia Geral de Acionistas.
Recomendadas

Autoeuropa investe 103 milhões na modernização da fábrica de Palmela em 2020

“Investir na fábrica é investir nas nossas pessoas, na nossa região e no nosso país. Com a nova linha de corte nas prensas e a automatização do armazém de logística interna aceleramos o futuro”, refere a empresa do grupo Volkswagen.

Observatório de turismo do Algarve vai integrar rede mundial da OMT

O reconhecimento do observatório regional pela OMT acontecerá dia 23, na próxima quinta-feira, durante a FITUR, a feira de turismo de Madrid à qual o Algarve regressa este ano e onde se promoverá de 22 a 26 de janeiro.

Banco de Portugal adopta ‘energia verde’ nos seus edifícios

“A transição para a nova forma de consumo de energia deverá estar concluída ainda durante o primeiro trimestre deste ano. Com esta medida, o Banco tem como objetivo reduzir a sua pegada de carbono”, explica a instituição
Comentários