Emprego supera as expetativas mas proibições ao Tik Tok agitam Wall Street

A Bolsa de Nova Iorque abriu a sessão sexta quarta-feira em terreno negativo face às proibições impostas por  Donald Trump para com todas as transações entre empresas ou cidadãos norte-americanos com a BytDance, que detém a rede social Tik Tok, e a Tencent, empresa que controla a aplicação We Chat. No início da sessão, o […]

Reuters

A Bolsa de Nova Iorque abriu a sessão sexta quarta-feira em terreno negativo face às proibições impostas por  Donald Trump para com todas as transações entre empresas ou cidadãos norte-americanos com a BytDance, que detém a rede social Tik Tok, e a Tencent, empresa que controla a aplicação We Chat.

No início da sessão, o S&P 500 cai 0,29%, para 3,339.40 pontos, o tecnológico Nasdaq desvaloriza 0,28%, para 11,075.83 pontos, e o industrial Dow Jones cresce 0,24%, para 27,321.68 pontos.

O relatório do Departamento do Trabalho revelou que os empregos para os setores não-agrícolas aumentaram 1,76 milhões em julho, superando os 1,6 milhões que os economistas previam.

“No seio empresarial destaque para as valorizações da Booking e T-Mobile, após apresentarem os resultados. Já a Illumina, Uber, Dropbox e Gopro reagem negativamente aos números divulgados. Foco também para a subida da Biogen depois de o medicamento para Alzheimer ter recebido revisão prioritária da FDA. No plano macroeconómico foi revelado que a economia norte-americana gerou mais emprego que o esperado no mês de julho”, refere Ramiro Loureiro, analista de mercados do Millenium investment banking.

Donald Trump informou na quinta-feira proibições abrangentes de transações nos EUA com os proprietários chineses da aplicação de mensagens WeChat e da rede social TikTok. Em resposta, a China disse que as empresas cumpriram as leis dos EUA e advertiu que Washington terá de “arcar com as consequências” das suas ações.

As ações da Tencent proprietária da WeChat, caíram até 10% no comércio da Ásia, enquanto o Tencent Music Entertainment Group cotado em Nova Iorque, que foi separado da Tencent em 2018, caiu 5,7% na negociação pré-mercado dos EUA. Já a Microsoft que está a tentar comprar as operações da TikTok nos Estados Unidos, caiu 0,6%.

Ler mais

Recomendadas

BCE estuda revisão do programa de compra de ativos de emergência

Dois membros do Conselho de Governadores adiantaram ao Financial Times que o banco central irá debater na próxima reunião a duração do PEPP e se os critérios de flexibilidade deverão ser estendidos aos outros programas de compra de ativos.

Bolsa de Lisboa em queda pressionada pelo BCP e Galp

Do lado dos ganhos, a Corticeira Amorim lidera com uma subida de 1,63% para 11,20 euros, seguidos pela EDP que ganha 0,59% para 4,24 euros.
tik tok

TikTok Global lança oferta pública de ações

Segundo a nota, a TikTok Global realizará uma ronda antes da Oferta Pública Inicial (OPI), que deixará a companhia chinesa com uma participação de 80% na nova empresa.
Comentários