Endesa com lucros de 844 milhões de euros no primeiro trimestre de 2020

Para José Bogas, CEO da Endesa, os resultados da energética espanhola nos primeiros três meses do ano vão ajudar a empresa “a enfrentar com confiança o impacto da Covid-19 durante o segundo trimestre”.

O lucro líquido da Endesa no primeiro trimestre de 2020 mais do que duplicou face ao período homólogo para 844 milhões de euros, excluindo o impacto do retorno da provisão de 267 milhões de euros relativa aos compromissos com o novo acordo coletivo de trabalho.

Retirando o impacto do desinvestimento em ativos não financeiros, os lucros da energética espanhola somaram 831 milhões de euros.

A Endesa referiu que os resultados alcançados foram obtidos “graças à gestão do mercado liberalizado, a que se somou a estabilidade do mercado regulado”.

As receitas caíram ligeiramente 0,3% face ao primeiro trimestre de 2019, para 5.069 milhões de euros. O EBITDA cresceu 59%, para 1.476 milhões de euros.

Para José Bogas, CEO da Endesa, os resultados da energética espanhola nos primeiros três meses do ano vão ajudar a empresa “a enfrentar com confiança o impacto da Covid-19 durante o segundo trimestre”.

“A empresa já retomou todos os trabalhos de construção de parques renováveis, e estamos totalmente comprometidos com os investimentos previstos no nosso plano estratégico. Estamos até a estudar a possibilidade de acelerar esse plano, especialmente nas plantas eólicas e solares, de forma a apoiar a reativação da economia através da criação de emprego e de riqueza”, adiantou o CEO.

O CEO da Endesa, José Bogas, destacou que “os bons resultados da Endesa no primeiro trimestre vão ajudar-nos a enfrentar com confiança o impacto da COVID-19 durante o segundo trimestre.

Na Península Ibérica, a procura de energia elétrica caiu 3,2% e, fora da península, caiu 5% nas Ilhas Baleares e 1,4% nas Canárias.

“Esta situação foi agravada pela declaração do estado de alarme, que reduziu significativamente a procura durante a segunda quinzena de março. De qualquer forma, o efeito provocado pela pandemia não teve um impacto significativo nos resultados do primeiro trimestre”, explicou a Endesa, em comunicado.

Devido à diminuição da procura, o primeiro trimestre do ano foi marcado por preços mais baixos no mercado grossista de eletricidade, que rondaram os 35 euros/MWh. A maior participação das energias renováveis, a redução dos preços de emissão de CO2 e a evolução do preço das matérias-primas também explicam os preços da eletricidade registados no primeiro trimestre de 2020.

 

Ler mais
Recomendadas

Covid-19: APED defende venda dos autotestes nos super e hipermercados

O diretor-geral da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) defendeu, em entrevista à Lusa, a venda dos autotestes covid-19 nos supermercados e hipermercados, salientando que o setor quer estar “na parte da solução”.

Efacec promove ‘crowdsourcing’ para empreendedores

As propostas serão avaliadas por uma equipa multidisciplinar da empresa e as propostas escolhidas terão acesso a uma parceria a longo prazo, validação da solução, oportunidade de negócio sustentável e à experimentação, exposição e expansão junto da Efacec.

Turismo Centro de Portugal lança campanha com 20% de desconto na compra de ‘escapadinhas’ na região

As reservas a preços promocionais em unidades hoteleiras da região no âmbito desta campanha podem ser feitas até 30 de junho, para serem usadas até finais de outubro.
Comentários