Espanha espera que o Reino Unido retire as restrições de viagem o mais depressa possível

Desta forma, o governo britânico, liderado por Boris Johnson, colocou os dois países ibéricos com restrições de viagens.

Espanha | Getty Images

Depois do Reino Unido ter imposto quarentena obrigatória aos britânicos que regressem das ilhas baleares e das ilhas canárias, a ministra do turismo espanhol, Maria Reyes Maroto, entrou em conversações com o governo de Boris Johnson para levantar as restrições o mais depressa possível, segundo a “Reuters”.

“Conversamos o fim de semana inteiro”, disse Maroto. “Gostaríamos que as quarentenas fossem levantadas nas ilhas o mais cedo possível e esperamos que seja hoje, e não amanhã”.

Arancha Gonzalez Laya, ministra dos negócios estrangeiros é outra das vozes do governo espanhol que está ativamente a promover o país como sendo seguro para viagens turísticas, sublinhando que “Espanha é segura, é segura para os espanhóis, é segura para turistas”.

Espanha viu os casos de covid-19 aumentar nas últimas semanas e a Grã-Bretanha anunciou, no sábado, que iria retirar o país da lista de países seguros para viajar, a quarentena entrou em vigor horas depois. A medida perturbou os planos de muitas pessoas em férias e provocou mais interrupções para as companhias aéreas e empresas de turismo.

Desta forma, o governo britânico, liderado por Boris Johnson, colocou toda a Península Ibérica de quarentena, afastada dos destinos turísticos seguros para esta fase do verão de 2020, depois de já ter excluído por duas vezes consecutivas o destino Portugal pelos mesmos motivos, o que gerou controvérsia junto de diversos decisores políticos no nosso país.

Recomendadas

Portugal lança seguro de viagem para turistas estrangeiros

Segundo o Turismo de Portugal, os visitantes que residem no estrangeiro e que estão a planear as suas férias em Portugal podem agora subscrever o ‘Portugal Travel Insurance’, um seguro de viagem adaptado à nova realidade pandémica provocada pela Covid-19.

Porto de Sines resiste nos contentores no primeiro semestre de 2020

Administração relata quebra de 2% na carga contentorizada nos primeiros seis meses do ano, uma redução que sobe aos 12,7% no total da carga movimentada face ao período homólogo de 2019.

Espanha soma 8.532 novos casos de Covid-19 desde sexta-feira

Quanto ao número de vítimas mortais, as autoridades de saúde deram conta de mais 17 vítimas mortais, elevando para 28.472 o número total de óbitos.
Comentários