Esquerda reivindica mais férias e o feriado de Carnaval

A 11 de janeiro, o tema volta a ser debatido. PCP, Os Verdes e Bloco querem o aumento do número de férias para todos os trabalhadores e que no Carnaval volte a ser feriado.

Depois da reposição de quatro feriados (dois civis e dois religiosos) este ano, os partidos que sustentam o Governo do PS voltam a debater a questão dos dias de descanso, no dia 11 de janeiro, escreve o “Jornal de Negócios”, esta terça-feira.

Em novembro de 2015, o partido ecologista Os Verdes já tinha feito chegar à Assembleia da República um projeto sobre o tema, de forma a fixar a terça-feira do Entrudo como feriado nacional. António Costa chegou a defender a hipótese, alegando que o país devia retomar a “liberdade” de poder festar a data, mas a decisão final ainda não está tomada.

Na altura, o partido liderado por Heloísa Apolónia deixou de parte esse projeto e justificou a decisão com a opção de querer desligar este debate do da reposição dos feriados obrigatórios.

No dia 18 de janeiro, os deputados vão discutir os diplomas do Bloco de Esquerda e do PCP que querem dar mais dias de férias aos trabalhadores dos setores público e privado, de acordo com o explica o jornal.

Os dois diplomas que vão ser apresentados pelo PCP preveem a reposição dos 25 dias de férias para a Função Pública, acrescidos de um dia útil de férias por cada dez anos de serviço prestado, e o direito a 25 dias de férias anuais ao setor privado.

Atualmente, os trabalhadores do setor público e do privado têm direito a 22 dias de férias.

 

Ler mais
Relacionadas

Feriados: saiba quais os fins-de-semana que pode prolongar em 2017

Vai haver cinco feriados e mais cinco possibilidades de fazer ponte no próximo ano. Feriados municipais ainda aumentam a lista de dias de descanso.

Feriados dão folgas extras a deputados

Parlamento agendou contacto com o eleitorado para dias junto a feriados e fins de semana. Debate quinzenal foi antecipado para quarta-feira.
Recomendadas

Da direita à esquerda: o que dizem os partidos sobre o fecho de escolas e universidades?

O PSD defende o encerramento das escolas, assim como o PAN e o CDS. O Iniciativa Liberal alerta para as responsabilidades que o executivo de Costa terá de assumir em caso do fecho dos estabelecimentos de ensino. PCP acredita ser ser “importante que as crianças e jovens tenham a escola a funcionar”.

Marcelo defende que escolas devem “fechar o mais cedo possível”

Apesar de apontar efeitos demolidores para os estudantes, Marcelo Rebelo de Sousa defende que as escolas devem fechar o “mais cedo possível”, disse hoje ao Observador.

Proposta do PAN para impedir deputados de ter cargos em clubes ou federações gera dúvidas no Parlamento

Projeto de lei do PAN que visa impedir os deputados de ter cargos em clubes ou federações desportivas profissionais foi debatido no Parlamento, na quarta-feira. A proposta devia ter sido votada, mas os restantes partidos levantaram dúvidas. Projeto baixou novamente à comissão para reapreciação.
Comentários