Estados Unidos quer apostar na via diplomática na resolução do conflito com o Irão

Os Estados Unidos tinham atirado responsabilidade ao Irão pelo ataque a dois tanques petroleiros no Golfo de Omã. O secretário de Estado, Mike Pompeo, disse que o país quer evitar a guerra, mas que vai recorrer a todas vias, entre as quais a diplomática, para resolver o assunto.

Os Estados Unidos querem recorrer a todos os meios disponíveis, entre os quais a via diplomática, e com isso evitar a guerra, com o Irão, depois do país ter atirado culpas ao Irão pelo ataque a dois tanques petroleiros no Golfo de Omã, durante esta semana, disse o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, em entrevista à Fox News, citado pela Reuters.

“O presidente Donald Trump, tem feito tudo para evitar a guerra. Não queremos guerra”, assegurou Mike Pompeo na mesma entrevista.

A solução, de acordo com o governante, passa por tomar todas as acções necessários, entre as quais a diplomática.

De referir que o Irão já tinha negado qualquer tipo de responsabilidade no ataque aos dois tanques petroleiros no Golfo de Omã.

Recomendadas

Governo britânico forçado a pedir adiamento do Brexit até ser regulamentado acordo

A Câmara dos Comuns votou este sábado a favor de uma proposta que força o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, a pedir um adiamento do Brexit até ser aprovada no parlamento britânico a legislação que regulamente o acordo de saída.

Bolsonaro inicia visita de dez dias para reforçar laços comerciais na Ásia e Médio Oriente

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, inicia este sábado uma viagem de dez dias para reforçar laços comerciais com parceiros da Ásia de Leste e do Médio Oriente.

Brexit: Theresa May apela ao voto no acordo negociado por Boris Johnson

A antiga primeira-ministra britânica Theresa May apelou hoje ao voto no acordo para o ‘Brexit’ negociado pelo sucessor, Boris Johnson, alegando que está em causa o interesse nacional.
Comentários