Este é o novo boletim do Euromilhões onde o prémio máximo pode atingir 250 milhões

Os apostadores passam a poder contar com mais dinheiro no Euromilhões. O jackpot aumenta para 200 milhões, o prémio acumulado máximo atinge os 250 milhões, e Super Jackpot Mínimo Garantido no valor de 130 milhões vai rodar três vezes por ano. As novas regras entram em vigor no sorteio de 4 de fevereiro, com o registo de apostas a vigorar desde 29 de janeiro.

O Euromilhões vai ser alvo de várias alterações nas próximas semanas. Nova imagem, novo boletim, e mais prémios.

Em primeiro lugar, o jackpot vai aumentar em 10 milhões de euros para os 200 milhões de euros, anunciou hoje a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML).

Em segundo, o prémio máximo acumulado pode atingir os 250 milhões de euros. Se a marca dos 200 milhões de euros for atingida, “pode manter-se durante cinco sorteios consecutivos sem que o primeiro prémio seja atribuído. Mas, caso o jackpot de 200 milhões saia, no ciclo seguinte o valor máximo aumentará para 210 milhões, e o mesmo mecanismo será repetido, sucessivamente, em parcelas de 10 milhões, até atingir o montante máximo de 250 milhões”.

A terceira novidade é o Super Jackpot Mínimo Garantido, que vai oferecer prémios no valor de 130 milhões de euros três vezes por ano.

As novas regras entram em vigor no sorteio de 4 de fevereiro, com o registo de apostas a vigorar desde 29 de janeiro.  Apesar do novo boletim e imagem, os bilhetes atuais mantém-se válidos.

Para celebrar o novo formato, vai ter lugar no dia 7 de fevereiro o 1º Super Jackpot Mínimo Garantido do ano, no valor de 130 milhões de euros, “cujas apostas podem ser efetuadas a partir do dia 1 de fevereiro”.

De acordo com a SCMLP, a “dinâmica de jogo mantém-se igual: o jogador continua a ter de escolher 5 números (de 1 a 50) e duas estrelas da sorte (de 1 a 12); o valor por aposta simples mantém-se nos 2,50€ (2,20€ = 1 aposta EUML + 0,30€ aposta M1LHÃO); e as probabilidades de ganho são as mesmas, ou seja, de 1 em 13”.

Nove curiosidades e factos sobre o Euromilhões:

1 – O Euromihões foi lançado a 13 de fevereiro de 2004, em Espanha, França e Inglaterra. Chegou a Portugal, Irlanda, Áustria, Bélgica, Suíça e Luxemburgo, a 2 de outubro do mesmo ano.

2 – O primeiro sorteio realizou-se em Portugal no dia 8 de outubro de 2004.

3- A 24 de setembro de 2016, foi lançado um novo jogo exclusivo para as apostas efetuadas no Euromilhões em Portugal: o M1LHÃO (o 1º sorteio deste jogo realizou-se a 30 setembro).

4 – Este jogo tem características comuns em todos os países: na fórmula de jogo (5/50 números + 2/12 estrelas), no valor da aposta (€2,20) e nas categorias de prémios.

5 – Em Portugal, logo no início, entre os anos de 2004 e 2005, transformou-se no jogo social com maior notoriedade espontânea: 92% da população adulta portuguesa colocava o Euromilhões como primeira referência de jogo a dinheiro.

6 – Em 2018, o Euromilhões representou 805 milhões de euros das vendas brutas dos jogos sociais.

7 – Os resultados revertem para as Boas Causas, sendo uma das principais fontes de financiamento das políticas sociais do Estado, em áreas como a saúde, solidariedade social, desporto ou cultura.

8 – No dia 17 de janeiro de 2020, foi atribuído o 3º maior primeiro prémio em Portugal, desde o lançamento do jogo: cerca de 100,8 milhões de euros, no distrito de Lisboa. Este valor apenas foi ultrapassado pelos prémios atribuídos em outubro de 2014 – 190 milhões de euros no distrito de Castelo Branco – e em novembro de 2015 – cerca de 163 milhões de euros, no distrito de Coimbra.

9 – À data de hoje, foram já 70 os primeiros prémios do Euromilhões registados em Portugal.

Ler mais
Relacionadas

Euromilhões aumenta jackpot para 200 milhões de euros

O maior prémio do Euromilhões vai aumentar em 10 milhões de euros para os 200 milhões. Assim, o jackpot máximo acumulado pode atingir 250 milhões. Vai também ser introduzido o Super Jackpot Mínimo Garantido com prémios de 130 milhões de euros. As novas regras entram em vigor no sorteio de 4 de fevereiro, com o registo de apostas a vigorar desde 29 de janeiro.
Recomendadas

Há 25 milhões de empresas europeias a usar ferramentas do Facebook: “Maioria utiliza grátis”, diz rede social

Esta semana Mark Zuckerberg ameaçou abandonar as suas redes sociais na União Europeia. A empresa garante, no entanto, que está comprometida na recuperação económica dos Estados-membros. “O modelo de publicidade personalizada é que nos permite dar essas ferramentas gratuitamente e traz igualdade de condições”, refere Nick Clegg, vice-presidente de Assuntos Globais da empresa.

Deco defende mudanças no acesso à tarifa social após fim da suspensão dos cortes

A associação de defesa do consumidor Deco emitiu hoje um alerta a lembrar que o regime que impede a suspensão dos serviços essenciais termina no final deste mês e a defender mudanças no acesso às tarifas sociais.

Sindicatos reúnem hoje com presidente do Montepio. Na agenda está saída de 800 trabalhadores

Sindicatos dos bancários receberam com surpresa a notícia de uma eventual dispensa de centenas de trabalhadores. E falam que “será algo de uma magnitude nunca vista na Europa”. Reúnem nesta quarta-feira, 23 de setembro, com a comissão executiva do Banco Montepio. Em cima da mesa está plano de reestruturação do banco que já será do conhecimento do Banco de Portugal.
Comentários