Ex-presidente da Nissan pode vir a ser detido mais uma vez esta segunda-feira

A detenção deve acontecer na próxima segunda-feira, altura em que o atual período de detenção por suspeita de ter desviado cinco milhões de dólares (cerca de 4,4 milhões de euros) termina.

O Ministério Público de Tóquio pode vir a deter, pela quarta vez, o ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, por suspeita de quebra de confiança. A detenção deve acontecer na próxima segunda-feira, altura em que o atual período de detenção por suspeita de ter desviado cinco milhões de dólares (cerca de 4,4 milhões de euros) termina.

A notícia é avançada pela Reuters, que cita fonte próxima do Ministério Público japonês. Carlos Ghosn foi detido no início do mês de abril por suspeitas de desvio de fundos. Pouco mais de um mês antes da detenção, Carlos Ghosn encontrava-se sob custódia das autoridades, suspeito de má conduta financeira enquanto liderava a fabricante japonesa, tendo sido libertado sob pagamento de fiança.

Aquele que chegou a ser o executivo mais respeitado da indústria automóvel mundial continua a negar esta e outras acusações e garante que está inocente. No entanto, os procuradores acreditam que o dinheiro desviado terá ido para uma empresa que Ghosn praticamente administrou.

O comunicado divulgado não mencionou Omã, mas uma investigação anterior da parceira francesa da Nissan Motor Co., da Renault, centrou-se em pagamentos realizados a uma concessionária naquele país, sendo que se suspeita que parte do dinheiro foi canalizado para uso pessoal de Ghosn.

Recomendadas

Embraer exporta mais de 300 milhões por ano

O grupo emprega cerca de 2.500 trabalhadores e espera atingir já no próximo exercício exportações de 400 milhões.

Queijaria de Jorge Coelho conquista prémio mundial

Para Jorge Coelho, administrador e promotor do projeto, “esta distinção representa a concretização de uma ambição da Queijaria Vale da Estrela que é o de elevar ao patamar da Excelência a qualidade de um produto como é o Queijo da Serra da Estrela DOP, ambição essa que faz parte da sua cultura”.

Agrival. Feira Agrícola do Vale do Sousa arranca com 350 expositores

A 40.ª edição da Agrival — Feira Agrícola do Vale do Sousa arranca já amanhã, 23 de Agosto, e decorrerá até ao dia 1 de Setembro, no Pavilhão de Feiras e Exposições de Penafiel. O último dia do certame conta com um desfile de tractores com alfaias agrícolas. Esta feira agrícola, considerada a maior do […]
Comentários