Exportações da fileira Metal Portugal atingiram em março melhor mês de sempre

As exportações desta fileira industrial alcançaram em março um valor de 1.926 milhões de euros, o que representou um crescimento homólogo de 46%.

As exportações da fileira industrial Metal Portugal atingiram no passado mês de março o melhor mês de sempre, com um valor que atingiu os 1.926 milhões de euros, o que representou um crescimento homólogo de 46%.

“Apesar de um ano de 2020 marcado por desafios sem precedentes, as exportações do Metal Portugal atingiram, neste mês de março, a melhor marca de sempre”, destaca um comunicado da fileira industrial, acrescentando que “este crescimento acentuado contrapõe os constrangimentos ainda sentidos devido à pandemia da Covid-19 e acaba por compensar a quebra homóloga, em 2020, de 23,4%”.

De acordo com o referido comunicado, “este valor atingido no mês de março, possibilita ao Metal Portugal atingir também um crescimento de exportações de 11,8%, no que diz respeito ao valor acumulado do primeiro trimestre de 2021 face ao mesmo período de 2020, tendo em conta o mercado da União Europeia e o mercado extra União Europeia”.

“Embora este período de pandemia esteja a salientar um enorme esforço de diversificação de mercados, para mercados extra comunitários, , as exportações para os mercados europeus continuam a representar a grande fatia, numa quota que atinge agora os 74%”, assinala op referido comunicado, resslavando, no entanto, que “à semelhança dos meses anteriores, as exportações para mercados não tradicionais continuam a representar uma forte aposta do Metal Portugal, com mercados como Japão, Marrocos, Roménia, Austrália e China, entre outros”.

Os responsáveis desta fileira industrial recordam que, “apesar do aumento exponencial do custo de transporte marítimo e da escassez e aumento do custo de matérias-primas, o Metal Portugal continua com uma tendência crescente face à indústria transformadora e à economia portuguesa”.

Segundo Rafael Campos Pereira, vice-presidente da AIMMAP – Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal, “foram alcançadas quatro das dez melhores marcas de sempre das exportações do Metal Portugal em plena pandemia e este dado é muito relevante para demonstrar a adaptação que as empresas do Metal Portugal tiveram durante este período crítico”.

“Com estes dados que possuímos hoje, acreditamos que o ano de 2021 será um ano de crescimento muito considerável para o sector e desejavelmente o melhor ano de sempre”, perspetiva este responsável.

Recomendadas

PremiumEuro2020 pode ser pontapé para relançar mercado publicitário das marcas

Cobertura mediática será maior do que em 2016, mas é pouco provável que se traduza em recordes de audiências, dizem especialistas. Ainda assim, as marcas deverão aproveitar a oportunidade.

Já pode investir na criptomoeda Dogecoin com a aplicação da Revolut

A fintech britânica tem 30 criptomoedas disponíveis para investimento. Curiosamente, a cara que está nesta moeda virtual – ou seja, o focinho de cão – foi esta sexta-feira vendida como NFT por 4 milhões de dólares.

Ophiomics é a primeira empresa portuguesa a receber verbas do fundo do European Innovation Council

Ophiomics assegurou um investimento de um milhão de euros do fundo do European Innovation Council, no âmbito do programa-quadro Horizonte Europa, que é uma continuação do Horizonte 2020. Biotecnológica portuguesa é uma das 75 PME europeias mais “promissoras” para Bruxelas.
Comentários