Faculdade de Medicina da Universidade Católica promove primeira conferência. Durão Barroso é orador

Subordinado ao tema Values & Technology in Medical Innovation, o evento é online e aberto a quem estiver interessado, participando especialistas do setor e da academia, portugueses e estrangeiros.

A Universidade Católica Portuguesa organiza a primeira conferência internacional da sua nova Faculdade de Medicina esta quinta-feira, 20 de maio, entre as 14h30 e as 18h15, sendo o modelo remoto o formato utilizado.

Subordinada ao tema Values & Technology in Medical Innovation, o evento é inaugurado pela Reitora, Isabel Capelo Gil, e tem como orador principal José Manuel Durão Barroso, Chairman da Goldman Sachs International / GAVI Board Chair. O diretor da nova Faculdade de Medicina da Universidade Católica, António Almeida, fará uma apresentação da nova Escola e modelo de ensino.

Ao longo da tarde, decorrerão três painéis: How can public/private partnerships meet the growing healthcare challenge; How are the Digital Age and Technology Influencing Medicine e Access to Medicines, nos quais participam o presidente do INFARMED, Rui Santos Ivo, a CEO do Grupo Luz Saúde, Isabel Vaz, o diretor Geral da Siemens Healthineers em Portugal, Ivan França, a administradora da Glintt, Filipa Fixe, bem como os professores Robert Wachter, da University of California, San Francisco e Claire Bloomfield, da Oxford University.

As candidaturas para o curso de Medicina estão abertas até ao final deste mês, sendo a propina de 1.625 euros por mês, segundo avançou o jornal Público na sua edição de 7 de maio. As aulas arrancam a 13 de setembro, havendo 50 vagas.

Recomendadas

Politécnico da Guarda aumenta 30 alunos face a 2020 e esgota cursos de Saúde

Nova licenciatura em Desporto, Condição Física e Saúde preencheu as 30 vagas na primeira fase do Concurso Nacional de Acesso.

Faculdade de Direito de Lisboa preenche todas as vagas e sobe média para 16,25

Paula Vaz Freire, diretora da faculdade, considera que o resultado é positivo e consolida a FDUL “como escola de Direito de referência em Portugal, não só pelo ensino, mas também pela investigação nos diversos ramos do Direito”.

Cursos de Medicina e Engenharia dominam ranking das notas de entrada no ensino superior

No conjunto dos 25 cursos com notas mais altas figuram sete cursos de Engenharia e 13 de Medicina, incluindo três de Medicina Dentária e um de Medicina Veterinária. O curso que exigiu a nota de entrada mais alta em 2021/2022 é do Técnico: Engenharia Aeroespacial.
Comentários