PremiumFatura da luz cai até 2,5% no mercado livre

Depois da descida de 0,4% no mercado regulado de eletricidade, algumas empresas farão reduções maiores. Endesa lidera descida nos novos clientes.

A maioria dos consumidores no mercado liberalizado de eletricidade vão pagar menos na sua fatura mensal em 2020. Algumas das empresas com maior peso neste mercado decidiram reduzir os seus tarifários a partir de 1 de janeiro. O mercado liberalizado conta com um total de 5,2 milhões de clientes em Portugal, segundo os dados mais recentes divulgados pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

A EDP Comercial (EDPC), que é a empresa com a maior quota de mercado entre consumidores domésticos no mercado liberalizado (75%), vai aplicar uma descida média de 0,4% nos seus tarifários, que se traduz em descidas anuais entre os três euros e os 15 euros, conforme a potência.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

A revolução 4.0 no setor agroalimentar: oportunidades de crescimento

Por todo o mundo, multiplicam-se os casos de sucesso que demonstram o impacto das novas tecnologias e sistemas de informação na produtividade e rentabilidade dos negócios agrícolas, tanto nas operações de campo como no back-office.

Governo prepara novas linhas de financiamento às exportações

O secretário de Estado da Economia, João Correia Neves, que está em Milão na maior feira de calçado do mundo, vai colocar verbas do Portugal 2020 à disposição das empresas para a promoção da presença digital nos mercados internacionais.

Liberty cria ecossistema na ‘cloud’ pública

Construir um seguro à medida de cada um e uma oferta personalizável é o objetivo da Liberty Seguros com um novo ecossistema, afirma Alexandre Ramos, da área tecnológica da companhia.
Comentários