Financiamento das administrações públicas cai para 329 milhões de euros até agosto

Emissão de títulos foi de 2,4 mil milhões, permitindo compensar o financiamento através de empréstimos líquidos de depósitos de -2,1 mil milhões, segundo dados do Banco de Portugal.

Cristina Bernardo

O financiamento das administrações públicas diminuiu para 329 milhões de euros até agosto, valor inferior aos 1,8 mil milhões de euros registados em igual período de 2018, segundo dados do Banco de Portugal (BdP), divulgados esta segunda-feira.

O regulador explica que os dados já têm em conta a alteração metodológica do Instituto Nacional de Estatística, o que levou a alterações da série estatística.

“Desde o início do ano, as administrações públicas financiaram-se no exterior em 2,0 mil milhões de euros”, explica o BdP. “Em contrapartida, o financiamento das administrações públicas junto de bancos residentes foi de -1,9 mil milhões de euros”, acrescenta.

A emissão de títulos foi de 2,4 mil milhões, permitindo compensar o financiamento através de empréstimos líquidos de depósitos de -2,1 mil milhões.

Fonte: Banco de Portugal

Relacionadas

Endividamento das empresas agravou 400 milhões de euros em agosto por causa do sector público

Dos 724 mil milhões de euros de dívida registada em agosto, 319,8 mil milhões de euros têm no setor público e 404,2 mil milhões de euros no setor privado, de acordo com uma nota de informação estatística do Banco de Portugal.

Portugal tem a terceira dívida mais alta da União Europeia

Em 2018, o rácio de dívida pública portuguesa continuou a trajetória descendente e caiu para 122,2%, abaixo dos 126% do ano anterior. No entanto, não foi suficiente para abandonar o ‘top três’ dos países europeus com maior dívida em percentagem do PIB, fixando-se acima da média da União Europeia de 80,4%.
Recomendadas

Bloco quer valorização de salários que não fique “refém” da concertação social

O primeiro-ministro garantiu que não ficará dependente dos parceiros sociais, mas ignorá-los “nunca”.

“yourEUright”: consumidor está mais protegido quando compra online do que quando compra nas lojas

Os mais recentes números da Comissão Europeia mostram que 43% dos portugueses conhece os seus direitos, face a 49% da média europeia.

Preços das portagens nas autoestradas mantêm-se em 2020

Os preços das portagens nas autoestradas vão manter-se em 2020, tendo em conta a taxa negativa de inflação homóloga, sem habitação, de outubro, divulgada hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).
Comentários