Francesa Hubside.Store quer abrir 40 lojas e criar 300 empregos diretos em Portugal até 2022

A empresa de serviços de criação, desenvolvimento e personalização de sites espera alcançar um volume de negócios de 10 milhões de euros em setembro de 2022 sendo que, para tal prevê chegar às 120 lojas em França, Portugal, Espanha, Itália, Bélgica e Suíça.

HUBSIDE Store Murcia, fotógrafo nachourbon

Depois de ter entrado no mercado português durante o verão, lançando uma plataforma de criação de websites, a Hubside anunciou esta terça-feira que pretende abrir 40 lojas no país, “localizadas em centros urbanos e principais zonas comerciais”, até setembro de 2022, o que implicará a criação de 300 postos de trabalho fixos diretos.

De acordo com a nota divulgada, a primeira loja deverá abrir na próxima sexta-feira, 10 de setembro, no Centro Comercial Colombo, em Lisboa, e integrará a primeira fase de expansão. Segue-se a inauguração do espaço no Centro Comercial Vasco da Gama, também na capital. A segunda fase desta entrada no país passará por abrir mais lojas não só em Lisboa mas também no Porto e em Coimbra.

A empresa de serviços de criação, desenvolvimento e personalização de sites espera alcançar um volume de negócios de 10 milhões de euros em setembro de 2022, sendo que, para tal, além da expansão em Portugal, prevê chegar às 70 lojas em França até ao final deste ano totalizando 120 pontos de venda já a contar com as lojas em Espanha, Itália, Bélgica e Suíça. Até 2027, o objetivo é aumentar a sua rede de lojas para 500 pontos de venda das quais 20% serão lojas próprias e os restantes 80% franchisadas.

“Começámos por lançar em Portugal a nossa plataforma de criação de websites Hubside, e o acolhimento tem sido muito positivo”, considera Sadri Fegaier, CEO de Hubside.Store. “Este é mais um passo para consolidar a nossa presença no mercado ibérico, considerado estratégico para o desenvolvimento da Hubside na Europa”, comenta.

As lojas Hubside têm como objetivo “mergulhar os consumidores num universo que combina tecnologia e novos estilos de vida”, prometendo disponibilizar dispositivos multimédia novos e recondicionados para todos os bolsos (smartphones, PCs, tablets, consolas de videojogos, realidade virtual, Go Pro, etc.), como também estará disponível o aluguer destes e de outros produtos de mobilidade urbana (por exemplo, trotinetes elétricas, drones, GoPros e karts, etc.).

Os serviços da empresa francesa contam ainda com áreas de reparação e reciclagem, criação de páginas web, contratação de seguros, multimédia e impressão de fotografias. As lojas também venderão online através do seu website e oferecerão aos clientes o serviço click & collect.

Recomendadas

Linha de Apoio à Qualificação da Oferta com 20 milhões aprovado, diz Rita Marques

A Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, na conferência do Turismo, fez um ponto da situação do Plano Reativar o Turismo. Recorde-se que foi um plano apresentado maio deste ano, com quatro eixos de atuação.

Greve CP: “Será que vamos ter o ministro [Pedro Nuno Santos] em greve no próximo dia 8?”, questionam sindicatos

O ministro das Infraestruturas e da Habitação disse recentemente compreender os motivos da greve dos trabalhadores da CP – Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal (IP), marcada para 8 de outubro, afirmando que “têm razão” porque os salários são baixos. Federação de Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans) questiona agora de forma irónica Pedro Nuno Santos após Governo e administração da CP terem anunciado “pequenas” atualizações, que não ultrapassam os 10 euros, para salários até 800 euros.

“Conversas com Norte”. “Precisamos da ciência para enfrentar o futuro”, defende responsável do ISCTE

A importância da ciência, num cenário pós-pandemia, é um dos temas abordados no livro “67 Vozes por Portugal – A Grande Oportunidade”, da Editora Leya, uma iniciativa do ISCTE Executive Education. Trata-se de um livro que junta as visões do futuro de Portugal por 67 personalidades portuguesas, entre empresários, artistas, gestores, académicos e tantos outros. José Crespo de Carvalho, presidente da Comissão Executiva do ISCTE, foi convidado a apresentar o livro no “Conversas com Norte” desta semana. Ouça a entrevista no site do JE e na ‘playlist’ do JE no Spotify.
Comentários