Frente Sindical de Docentes recebida esta noite no Ministério de Educação

Depois da FENPROF, é a vez da Frente Sindical dos Docentes ser recebida pela secretária de Estado Adjunta, Alexandra Leitão, escassas horas antes do início da greve nacional de professores. A reunião está marcada para as 22h00.

“Não sermos tolerantes face a uma proposta totalmente desadequada e injusta, e é isso que diremos hoje à Secretária de Estado, e demonstraremos amanhã, com milhares de associados em luta pela dignificação da sua profissão”, afirmam os representantes da Frente Sindical de Docentes em comunicado chegado neste minuto às redações:

Esta estrutura, que reúne oito sindicatos que representam milhares de professores de todo o País (ASPL, PRÓ-ORDEM, SEPLEU, SINAPE, SINDEP, SIPPEB, SIPE e SPLIU), estará amanhã pelas 11h00 frente à Assembleia da República para manifestar o seu desacordo com o que consideram ser uma proposta “desonesta” do Governo, que quer “apagar da vida dos docentes nove anos e quatro meses de trabalho ao serviço das escolas, dos alunos e do ensino”.

O Orçamento de Estado de 2018 prevê que este tempo, em que as carreiras dos docentes estiveram congeladas, não seja considerado para efeitos de progressão na carreira, discriminando os professores face à generalidade dos funcionários públicos.

 

Recomendadas

Reino Unido e Interpol criam plataforma para combater predadores sexuais

“A nossa mensagem para os predadores sexuais que usam este setor para cometer os seus crimes é: “acabou”, disse a ministra britânica do Desenvolvimento Internacional, Penny Mordaunt.

Recolha de ares condicionados para reciclagem longe da meta para Portugal

“Esta situação é muito grave em termos ambientais”, afirma a associação ambientalista Zero.

Al Gore ‘substitui’ Barack Obama no Climate Change Leadership Porto

O Prémio Nobel e ex-vice-presidente dos Estados Unidos estará no Porto em março para uma conferência focada nos desafios que as alterações climatéricas representam para a indústria mundial do vinho.
Comentários