Fundação La Caixa eleva para 3 milhões o apoio às vítimas dos incêndios em Portugal

A instituição que detém o banco acionista do BPI diz que desta verba, 2 milhões serão destinados ao atendimento das vítimas dos incêndios dos últimos dias e serão distribuídos de acordo com as autoridades portuguesas.

A Fundação Bancária La Caixa, que detém o CaixaBank (dono do BPI), afetou 3 milhões de euros a ajudas aos afetados pelos incêndios em Portugal, fruto do acordo com o BPI.

A instituição diz que desta verba, 2 milhões serão destinados ao atendimento das vítimas dos incêndios dos últimos dias e serão distribuídos de acordo com as autoridades portuguesas.

A Fundação Bancária La Caixa também destina 1 milhão de euros à paliação dos efeitos do incêndio deste verão em Pedrógão Grande, acrescenta a nota.

Em ambos os casos, as contribuições serão prioritariamente dirigidas à reconstrução de casas afetadas pelo fogo.

Recomendadas

Perto de 120 novos inspetores iniciaram funções na PJ

Depois de terem terminado o período de nove meses de estágio com sucesso, 118 novos inspectores da PJ vão agora iniciar funções, representando um reforço de mais de 10% nos operacionais para investigar a criminalidade mais grave e complexa do nosso país. É a primeira vez desde 2015 que a PJ receberá “sangue novo”. Estão ainda mais 100 reforços na calha.

Harvey Weinstein considerado culpado de violação e agressão sexual

O veridicto foi divulgado esta segunda-feira. Weinstein foi considerado culpado de ato sexual criminoso em primeiro grau e violação em terceiro, segundo o jornal “The New York Times”. Até agora, ainda não foram dados pormenores da pena que será aplicada.

Mundo tem de se preparar para uma “eventual pandemia”, diz OMS

“Devemos concentrar-nos na contenção [da epidemia], enquanto fazemos todo o possível para nos prepararmos para uma possível pandemia”, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, numa conferência de imprensa em Genebra.
Comentários