Fundação Repsol vai financiar startups até 144 mil euros

A Repsol adianta que os empreendedores que queiram participar podem apresentar os seus projetos até ao dia 4 de março de 2019.

A Fundación Repsol lançou um novo convite às startups para o seu programa de aceleração, tendo selecionado projetos que irão receber um apoio económico até 144 mil euros durante um ano, formação e aconselhamento por parte de uma equipa de mentores e especialistas da Repsol.

Esta é a 8ª convocatória da Fundação Repsol relativa ao seu Fundo de Empreendedores, “um programa de aceleração para apoiar ‘startups’ que ofereçam soluções inovadoras no âmbito da indústria energética e química, mobilidade avançada e economia circular”.

A Repsol adianta que os empreendedores que queiram participar podem apresentar os seus projetos até ao dia 4 de março de 2019, através do formulário disponível em www.fundacionrepsol.com.

“O Fundo de Empreendedores apoia todos os anos entre seis e oito empresas, em fase pré-comercial, possibilitando a sua entrada no mercado, no menor tempo possível. Todas elas têm em comum o desenvolvimento de inovações que contribuam, de alguma forma, para uma transição energética mais sustentável”, assegura a petrolífera espanhola.

Relacionadas

Repsol cria fundo de investimento de 85 milhões de euros para startups

Fundo ‘Repsol Corporate Venturing’ destina-se a startups que ofereçam soluções de mobilidade avançada, novos materiais, economia circular ou tecnologias digitais aplicadas à exploração de produto e aplica-se no período entre 2016 e 2020.

Repsol apoia novos projetos e ideias tecnológicas com 144 mil euros

As startups de base tecnológica, a operar na área da energia e mobilidade e concorrem ao Fundo de Empreendedores, começam este mês a ser avaliadas.
Recomendadas

Navigator nomeia dois novos administradores executivos

João Paulo Cabete Lé e Adriano Agusto Silveira são os novos administradores executivos no mandato do quadriénio em curso, com efeitos a 1 de Janeiro de 2020.

Jorge Calvete é o administrador judicial da Orey Antunes que pediu um PER

O prazo para a reclamação de créditos, começa a correr a partir da data da publicação do anúncio no Portal Citius, ou seja, 10 de dezembro de 2019. Os prazos são contínuos, não se suspendendo durante as férias judiciais.

Bankinter e COSEC assinam protocolo de distribuição de seguro de créditos

O objetivo é permitir às empresas a gestão do risco de crédito em condições mais seguras, cobrindo os prejuízos decorrentes do não pagamento das vendas a crédito de bens e serviços em Portugal e no estrangeiro.
Comentários