Fundo sueco compra portal de imobiliário Idealista por 1,3 mil milhoes

A operação anunciada esta quinta-feira, 10 de setembro, é a maior venda de um portal de internet espanhol.

Cristina Bernardo

O fundo sueco EQT IX afirmou que comprou a plataforma Idealista, num negócio que ascendeu a 1.321 milhões de euros, avança o “Cinco Días”.

Com a compra, o fundo comprometeu-se a apoiar o crescimento do portal presente em Portugal, Espanha e Itália, aumentando a presença nos principais mercados e consolidar a posição como líder de mercado.

De acordo com a publicação, a administração do Idealista vai continuar a liderar a empresa, e o CEO e fundador da plataforma, Jesús Encinar, vai permanecer no cargo. O fundo Apax, que entrou na participação da empresa em 2015 ao comprar 80% das ações por 273 milhões de euros, conseguiu multiplicar o seu investimento por cinco.

A operação anunciada esta quinta-feira, 10 de setembro, é a maior venda de um portal criado inteiramente pela Internet e gerido em Espanha.

A Idealista Internacional fechou o ano de 2019 com um lucro líquido de 37,06 milhões de euros, cerca de 156,3% acima do valor do ano anterior. Após os impostos, a empresa revelou um resultado de 14,46 milhões de euros. Atualmente, o portal imobiliário conta com 40 mil clientes e 38 milhões de visitantes mensais únicos.

Durante os últimos meses, as conversas relativamente à aquisição do portal aconteceram através de videoconferência devido à pandemia da Covid-19, terminando na manhã da passada quarta-feira e anunciada esta quinta-feira.

Ler mais
Recomendadas

Setor da cortiça cresceu 35% em volume de negócios entre 2014 e 2018

Responsável por 50% da produção mundial e 60% das exportações de cortiça em todo o mundo, o setor cresce em vários indicadores no mercado português.

“Caixa opera com margens de 1% a 2% contra 15% do gel desinfetante”, diz Paulo Macedo

O presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos considera que o banco público está apto para financiar pequenas, médias ou grande empresas. “Ao longo dos últimos anos, a Caixa e os seus trabalhadores trabalharam para dobrar o nosso Bojador”, afirmou.

Montepio Crédito expande crédito ao consumo na plataforma digital

O Montepio Crédito reforçou a sua aposta no digital e lançou o crédito para aquisição de material escolar e informático na sua plataforma mycreditech, numa altura em que as aulas por meios digitais ganharam relevância.
Comentários