Fundo sueco compra portal de imobiliário Idealista por 1,3 mil milhoes

A operação anunciada esta quinta-feira, 10 de setembro, é a maior venda de um portal de internet espanhol.

Cristina Bernardo

O fundo sueco EQT IX afirmou que comprou a plataforma Idealista, num negócio que ascendeu a 1.321 milhões de euros, avança o “Cinco Días”.

Com a compra, o fundo comprometeu-se a apoiar o crescimento do portal presente em Portugal, Espanha e Itália, aumentando a presença nos principais mercados e consolidar a posição como líder de mercado.

De acordo com a publicação, a administração do Idealista vai continuar a liderar a empresa, e o CEO e fundador da plataforma, Jesús Encinar, vai permanecer no cargo. O fundo Apax, que entrou na participação da empresa em 2015 ao comprar 80% das ações por 273 milhões de euros, conseguiu multiplicar o seu investimento por cinco.

A operação anunciada esta quinta-feira, 10 de setembro, é a maior venda de um portal criado inteiramente pela Internet e gerido em Espanha.

A Idealista Internacional fechou o ano de 2019 com um lucro líquido de 37,06 milhões de euros, cerca de 156,3% acima do valor do ano anterior. Após os impostos, a empresa revelou um resultado de 14,46 milhões de euros. Atualmente, o portal imobiliário conta com 40 mil clientes e 38 milhões de visitantes mensais únicos.

Durante os últimos meses, as conversas relativamente à aquisição do portal aconteceram através de videoconferência devido à pandemia da Covid-19, terminando na manhã da passada quarta-feira e anunciada esta quinta-feira.

Ler mais
Recomendadas

Netflix adicionou 3,98 milhões de assinantes no primeiro trimestre mas falhou perspetivas

A empresa de streaming já alertava que o crescimento iria desacelerar à medida que os cidadãos fossem vacinados e retomassem as suas rotinas. Ainda assim, e apesar dos inúmeros avisos, os investidores não esperavam que a quebra fosse tão drástica e ficasse abaixo das expectativas. 

CaixaBank prevê reduzir 8.291 trabalhadores em Espanha na sequência da fusão com Bankia

É a maior redução do quadro de pessoal da história da banca em Espanha, segundo o El País. Os ajustes afetam o CaixaBank Espanha e não as filiais do grupo no exterior, o que é uma boa notícia para o BPI.

Agência Abreu antecipa reembolsos de milhões das viagens canceladas por causa do Covid

A Abreu decidiu encurtar o tempo legal e avançar com o processo de reembolsos que envolve cifras de dois dígitos em milhões de euros. A obrigatoriedade legal apontava para janeiro de 2022, mas a Agência Abreu está a antecipar o pagamento de reembolsos aos seus clientes já para os próximos dias.
Comentários