Galp, BCP e CTT caem mais de 2% e penalizam PSI-20

A bolsa de Lisboa está a acompanhar as quedas da Europa no início da sessão desta quarta-feira. As ações da retalhista Jerónimo Martins, que depois do fecho do mercado irá apresentar resultados trimestrais, avançam 1,14%, para 15,93 euros.

A bolsa portuguesa abriu a sessão desta quarta-feira (13 de maio) em terreno negativo, seguindo a tendência das principais praças da Europa. O índice PSI-20 iniciou as negociações de hoje com uma queda de 1,62%, para os 4.085,05 pontos, sobretudo devido à desvalorização dos CTT – Correios de Portugal (-2%), da Galp Energia (-2,78%) e do BCP (-2,05%).

A REN – Redes Energéticas Nacionais sobe 1,02%, para 2,47 euros, após ter anunciado que o dividendo de 0,17 euros por ação será pago a partir de 25 de maio, sendo que os títulos deixam de conferir direto ao mesmo a partir de 21 de maio.

A Jerónimo Martins, que depois do fecho do mercado irá apresentar resultados, avança 1,14%, para 15,93 euros. A casa de investimento CaixaBank BPI Equity Research estima que as vendas comparáveis da retalhista na Polónia “sejam fortes, embora a partir de agora o foco deva virar-se para as margens”. Segundo estes analistas, as receitas da dona do Pingo Doce deverão ter subida 12% face ao mesmo trimestre de 2019 para os 4746 milhões de euros, o EBITDA crescido 4% para os 223 milhões de euros e o resultado líquido aumentado 5% para os 76 milhões de euros.

“As principais praças europeias abrem em baixa, depois de as bolsas norte-americanas terem fechado a sessão de ontem a desvalorizar cerca de 2%. A nível empresarial, nota para alguns números Eiffage, JCDecaux, Commerzbank e Deutsche Wohnen. No plano macro, foi revelado que a economia britânica contraiu menos do que o esperado no primeiro trimestre”, assinala Ramiro Loureiro, trader do Millennium bcp.

Nas restantes bolsas do ‘Velho Continente’, o sentimento é também de pessimismo, seguindo o ‘vermelho’ do fecho de Wall Street. O índice alemão DAX perde 1,99%, o britânico FTSE 100 resvala 1,29%, o francês CAC 40 cai 2,02%, o holandês AEX perde 1,65%, o espanhol IBEX 35 perde 1,39% e o italiano FTSE MIB recua 1,58%. O Euro Stoxx 50 está a ser marcado por uma desvalorização de 1,84%.

Em relação ao mercado petrolífero, o WTI (produzido no Texas) está a cair 1,55%, para 25,38 dólares por barril, enquanto a cotação do barril de Brent está a desvalorizar 2,70% para 29,17 dólares.

Ler mais

Recomendadas

Nasdaq lidera quedas em Wall Street

As tecnológicas acentuaram as perdas, nomeadamente as FAANG. A Facebook perdeu 2,48%, a Apple cedeu 0,46%, a Amazon tombou 3%, a Netflix afundou 4,23% e a Alphabet, dona da Google, caiu 1,74%. Também a Microsoft teve uma sessão negativa, desvalorizando 3,09%.

Domingos Soares de Oliveira: “não há neste momento qualquer situação oficial entre o Benfica e o treinador Jorge Jesus”

“Conforme é sabido, o nosso presidente tem uma relação pessoal com o treinador Jorge Jesus, portanto é natural que converse com o treinador, mas não não há neste momento qualquer situação oficial entre o Benfica e o treinador Jorge Jesus”, vincou Domingos Soares de Oliveira.

PSI-20 fecha em alta com a ajuda do BCP que valorizou mais de 3%

O BCP foi a estrela da sessão ao subir mais de 3%. Mas a queda da EDP, depois das notícias de que a própria empresa deverá ser constituída arguida no processo de rendas excessivas, travou a subida do PSI-20 que fechou em alta, mas abaixo das principais praças da Europa.
Comentários