Galp produziu mais 8% de petróleo e gás no primeiro trimestre

O Brasil foi responsável pela maioria da produção (102,1 mil barris), com Angola a produzir 8,7 mil barris.

A Galp produziu mais 8% de petróleo e gás natural no primeiro trimestre de 2019 face a período homólogo para um total de 110,8 mil barris.

O Brasil foi responsável pela maioria da produção (102,1 mil barris), com Angola a produzir 8,7 mil barris. A grande maioria da produção da Galp corresponde a petróleo (99,5 mil barris), pesando 88,3% da produção total.

Já no segmento “gas and power”, as vendas totais de gás natural/gás natural liquefeito mantiveram-se estáveis nos 1.971 mil milhões de metros cúbicos, com as vendas a clientes diretos a recuar 6% para os 1.157 mil milhões de metros cúblicos.

No segmento refinação e distribuição, a Galp produziu menos 10% de matérias primas processadas, com a venda de produtos refinados a cair 11%. A margem de refinação recuou 30% para os 2,3 dólares por barril.

A Galp vai divulgar os seus resultados financeiros do primeiro trimestre de 2019 no dia 29 de abril, antes da abertura do mercado.

Recomendadas

Angolana Aenergy vai gerir elétrica pública do Gana durante 20 anos

A Aenergy, liderada pelo português Ricardo Machado, ganhou a concessão e vai realizar um investimento superior a 530 milhões de euros.

José Avillez abriu no Dubai mas fechou três restaurantes em Lisboa

A Cantina Zé Avillez, um dos mais populares, junto ao Campo das Cebolas também encerrou as portas ao público. Abriu em 2018 e o objetivo era servir almoços rápidos para a população lisboeta.

Quanto tempo tem de trabalhar para comprar um Ferrari exclusivo de 32 milhões? Messi só precisou de 4 meses

A revista Forbes divulgou esta semana os rendimentos dos desportistas mais bem pagos de 2019, e a Apuestas Deportivas decidiu analisar com quantas horas de trabalho é que as estrelas conseguiram pagar o seu automóvel de eleição
Comentários