Gant abre cinco novas lojas em Portugal até 2020

A marca de roupa fundada nos EUA e com sede na Suécia vai invadir o país nos próximos anos. O ‘comeback’ começa já em abril.

A Gant quer reforçar a sua presença no mercado português, 27 anos depois de ter aberto a primeira loja no país. Para isso, a marca anunciou a abertura de cinco novos espaços até 2020 assim como o reforço da etiqueta de origem americana em pontos de venda multimarca e armazéns de retalho.

Assim, o Grupo Gant regressa a Portugal, depois do doloroso processo de insolvência da Ricon, que detinha o exclusivo de distribuição da marca de roupa desde os anos 80. No ano passado, em entrevista ao Jornal de Negócios, o presidente executivo da marca acusou a empresa portuguesa de não cumprir os planos de pagamento e de acumular “uma dívida superior a quatro milhões de euros”, fatores que podem ter estado na origem da decisão de não se associarem a nenhum parceiro local para a operação de regresso. Desta forma, o ‘comeback’ da marca é controlado diretamente pela multinacional sueca e escolheu Oeiras como rampa de lançamento.

A primeira das cinco lojas previstas inaugura já no próximo dia 12 no centro comercial Oeiras Parque, seguindo-se a abertura de outro espaço nas Amoreiras daqui a cerca de dois meses.

Apesar das duas inaugurações agendadas estarem concentradas na zona centro, a marca garante, em comunicado, a abertura de lojas “em todo o país”.

 

Recomendadas

TAP propõe acordo com tripulantes para vigorar até final de 2024

O acordo, segundo o qual “as medidas acordadas referentes a retribuições e outras prestações pecuniárias, retributivas ou não, produzem efeitos a 1 de janeiro de 2021”, estabelece a suspensão “das tabelas salariais e remuneratórias em vigor à data da entrada em vigor deste acordo, incluindo as constantes de normativo específico de cada função e/ou de acordos individuais”.

Turismo do Centro apresenta novas iniciativas para as Rotas das Invasões Francesas

O destaque vai para a apresentação das rotas turísticas relativas à Terceira Invasão Francesa, que teve início em julho de 1810 e terminou em abril de 1811. No território nacional, a invasão iniciou-se em Almeida e continuou para o Bussaco, onde teve lugar uma importante batalha, tendo terminado nas Linhas de Torres Vedras, de onde os franceses retiraram em perda.

Pilotos do porto de Aveiro resgatam navio da ETE

Depois de ativados os procedimentos de segurança, os serviços técnicos de pilotagem do porto de Aveiro em colaboração com os rebocadores e em articulação com a Capitania, “a operação do salvamento do navio e tripulação foi realizada com sucesso, encontrando-se o navio atracado em segurança”.
Comentários