Gasóleo e gasolina vão descer 4 cêntimos em plena greve dos motoristas

Após cinco semanas consecutivas em subida, os combustíveis descem de forma abrupta, na semana em que se dá início à greve dos motoristas de matérias perigosas.

Os combustíveis vão descer a partir de segunda-feira. A gasolina e o gasóleo vão recuar quatro cêntimos por litro na semana da greve dos motoristas, segundo fontes do setor contactadas esta sexta-feira pelo Jornal Económico.

Após cinco semanas consecutivas em subida, os combustíveis descem de forma abrupta, depois de terem tido um aumento de 0,5 cêntimos na última semana.

Esta sexta-feira nos mercados, o barril de petróleo de Brent, a referência para Portugal está a subir 1,36% para 58,16 dólares por barril, enquanto a cotação do crude WTI cresce 1,26%, para 53,20 dólares por barril.

Saiba onde estão os postos com os combustíveis mais baratos:

Gasolina

Intermarché Vilar Formoso (1,399 euros)
Intermarché Vila Real de Santo António (1,409 euros)
REDE ENERGIA – Monte Gordo (1,409 euros)
Intermarché de Estremoz (1,414 euros)
Lavradio – Reta da Tornada (1,416 euros)

Gasóleo

Intermarché Vilar Formoso (1,209 euros)
Intermarché Vila Real de Santo António (1,219 euros)
REDE ENERGIA – Monte Gordo (1,219 euros)
Intermarché de Estremoz (1,239 euros)
Lavradio – Reta da Tornada (1,242 euros)

Ler mais
Recomendadas

Base de dados de matrículas deverá revelar que veículos não têm seguro

A ASF tem fortalecido o trabalho com as seguradoras para melhorar a fiabilidade da informação com as entidades públicas que disponibilizam informação sobre os carros, referiu esta sexta-feira Margarida Corrêa de Aguiar.

Receia entrar em incumprimento bancário? Conheça o PARI e evite complicações

O PARI (Plano de Ação para o Risco de Incumprimento) consiste num conjunto de procedimentos, obrigatórios por parte dos bancos, com a finalidade de prestar apoio ao cliente bancário e de evitar situações de incumprimento. Fique a saber tudo sobre esta medida que visa contribuir para uma relação mais próxima e bem informada entre a instituição financeira e os seus clientes.

Quer cancelar um débito direto? Veja as 3 formas possíveis

Autorizar um débito direto pode ser bastante útil para pagamentos rotineiros, pois permite que a entidade à qual tem de pagar o serviço retire o dinheiro automaticamente da sua conta, não tendo de se preocupar com datas e prazos para pagar. Mas sabia que pode cancelar um débito direto? Veja como, neste artigo.
Comentários