Gestora de alojamento local supera 30 mil hóspedes em Portugal

A GuestReady entrou no mercado português no final de 2018 já registou um total de 315 propriedades geridas, tendo ajudado 205 proprietários no país a rentabilizar os seus imóveis.

Cristina Bernardo

O grupo GuestReady já recebeu 31.705 hóspedes entre Lisboa e o Porto em residências de alojamento local desde que chegou a Portugal no final de 2018. A empresa que entretanto adquiriu a BnbLord e o Oporto City Flats já registou um total de 315 propriedades geridas e ajudou 205 proprietários em Portugal a rentabilizar os seus imóveis.

A gestora de alojamento local já teve mais de 12 mil reservas que representam perto de 47 mil noites. “Sinto que temos feito um bom trabalho, mas somos ambiciosos e queremos continuar a crescer” afirma Vanessa Vizinha, Diretora Geral de Portugal da GuestReady.

A responsável assume que “o objetivo é aumentar o nosso portefólio de propriedades e manter o nível de serviço. Além disso estamos continuamente a trabalhar em soluções para melhor servir os nossos anfitriões e proprietários”.

Em termos globais, a GuestReady ajudou três mil proprietários a rentabilizar os seus alojamentos locais e, ao todo, já recebeu cerca de 283 mil hóspedes entre os destinos que atravessam dois continentes. Com cerca de 465 mil noites reservadas a empresa continua pretende oferecer o melhor serviço a hóspedes e proprietários e a prova disso é a criação da nova plataforma de reservas diretas, ‘Book with GuestReady’.

Hoje é possível alugar um apartamento no Reino Unido, França, Portugal, Dubai e Kuala Lumpur através do site de reservas diretas. Reservar através desta plataforma permite que os proprietários paguem menos taxas, por um lado, e que os hóspedes encontrem preços mais acessíveis, por outro.

Recomendadas

Será que deve comprar uma segunda habitação para arrendamento?

Comprar uma segunda habitação pode ser um investimento viável, seja pelo potencial rendimento do arrendamento como pela venda posterior por um valor mais alto. No entanto, deve ter em conta algumas considerações antes de tomar esta decisão. Descubra tudo neste artigo.

Arrendamento Acessível: Guia para compreender o Programa de A a Z

Em 2019 entrou em vigor o Programa de Arrendamento Acessível (PAA), que visa facilitar o arrendamento, disponibilizando uma oferta alargada de habitações a preços mais baixos do que os praticados no mercado. Fique a conhecer tudo sobre esta iniciativa.

“IFRRU 2020 já provou que respondia a uma necessidade do mercado”, refere secretária de Estado da Habitação

Ana Pinho fez um balanço dos primeiros dois anos da operação deste programa de habitação em Portugal, deixando o desejo de que no próximo o IFRRU 2020 seja “o principal instrumento de financiamento da reabilitação para a habitação acessível”.
Comentários