Glovo aposta nas empresas e garante entregas em 30 minutos

Depois de ser testado por mais de 20 empresas em Barcelona, ​​o serviço está agora disponível em todas as cidades em que a Glovo opera. Em Portugal, a Glovo foi lançada em Lisboa em outubro de 2017 e no Porto em março deste ano.

A Glovo, aplicação que permite comprar, receber e enviar tudo dentro da mesma cidade, anunciou um novo serviço especializado, designado por “GlovoBusiness“, focado na gestão de recolhas e entregas para empresas acessível em dispositivos móveis e webapp.

Uma das principais metas da GlovoBusiness “é resolver qualquer necessidade de uma empresa em enviar e receber documentos ou encomendas urgentes em apenas 30 minutos, no mesmo dia e em qualquer parte da cidade, estando disponível sete dias por semana”, assegura a empresa, em comunicado.

A GlovoBusiness terá diferentes opções de entrega, tais como um ponto de recolha e vários pontos de entrega, mas também a opção de agendar o serviço, permitindo um acompanhamento em tempo real do estado de entrega da encomenda. Os custos de envio são facturados no final do mês e apenas as remessas concretizadas pela empresa serão efectivamente cobradas.

Por outro lado, este projeto surge também como uma oportunidade para os “Glovers” colaborarem mais horas na plataforma, uma vez que os pedidos business aumentam em horários em que usualmente há menos procura de outras categorias.

Sobre esta nova aposta, Oscar Pierre, CEO da Glovo, esclarece ainda que a empresa pretende “inovar permanentemente e atender às necessidades dos nossos utilizadores”, o que faz com que, com este serviço de entregas para empresas” espere “melhorar o respetivo dia-a-dia e, em simultâneo, oferecer aos Glovers alternativas horárias para poderem colaborar mais com a plataforma”.

Para se registar no serviço GlovoBusiness, basta aceder à página business.glovoapp.com e criar o perfil da empresa.

Ler mais
Relacionadas

Tecnológica Glovo fecha ronda de financiamento de 115 milhões de euros

“A minha principal prioridade é investir no aumento da nossa equipa de tecnologia”, afirmou o CEO, Oscar Pierre. A startup anunciou ainda que vai contratar 100 engenheiros nos próximos meses.

Glovo chegou ao Porto e vai entregar hambúrgueres do Munchie e gelados do Santini a casa

A startup espanhola chegou a Portugal, através de operações em Lisboa, em outubro. Cinco meses depois, os ‘Glovers’ viajam até à ‘Invicta’ para lhe entregar produtos de farmácias, restaurantes, lojas, etc.
Recomendadas

Fundação Berardo gasta 1 milhão de euros em atividades de cariz social e tem um passivo de 998,5 milhões

De acordo com o relatório e contas da Fundação José Berardo de 2017, consultado pela Lusa, a IPSS do empresário madeirense conhecido por Joe Berardo, sediada no Funchal, gastou 1,041 milhões de euros nos “fins estatutários” da instituição, ou seja, caritativos, educativos, artísticos e científicos.

Spiros Martinis Spettel será o primeiro CEO da parceira entre EDP e Engie

Mandatos na nova ‘joint venture’ vão durar três anos. No primeiro, é a EDP Renováveis a nomear o CEO, enquanto a Engie escolhe o ‘chairman’ e o COO, enquanto no seguinte será ao contrário.

Cabo Verde recompra 40% da CV Telecom e põe fim ao litígio com a PT Ventures

O Estado cabo-verdiano e a empresa detida pela brasileira Oi assinaram esta terça-feira, na cidade da Praia, o acordo que acaba com o contencioso existente entre as duas entidades.
Comentários