Goldenergy investe mais de 300 mil euros no reforço da rede de lojas próprias

Até ao final do ano, a empresa conta ter lojas próprias em todas as capitais de distrito e em muitas outas cidades do continente.

A Goldenergy, empresa que comercializa eletricidade 100% verde, está a alargar a sua rede de lojas e de agentes oficiais. A Goldenergy conta chegar ao final de 2021 com mais de 100 espaços, num investimento superior a 300 mil euros.

Até ao final do ano, a empresa conta ter lojas próprias em todas as capitais de distrito e em muitas outas cidades do continente.

Desde o início deste ano, a Goldenergy já abriu novas lojas, por exemplo, em capitais de distrito como Braga e Coimbra e noutras cidades como Barcelos e Penafiel e está a remodelar as suas lojas de Lisboa e do Porto.

A Goldenergy está a crescer no mercado. Em média, já celebra mais de 600 novos contratos por dia, sendo uma parte importante destes contratos realizada na sua rede de lojas e agentes, além do recurso aos meios digitais (App e um novo site).

No comunicado, Miguel Checa, CEO da Goldenergy, diz que “o nosso objetivo é ser a empresa número um no nosso setor em serviço, com o melhor preço, por isso para além de investirmos em omnicanais digitais com serviço 24 horas 7 dias por semana, através da nossa App, Redes Sociais, data analytics, tecnologia como Outsystems e Salesforce, queremos também responder à necessidade que nos é transmitida pelos consumidores de uma relação de proximidade e transparência, daí o investimento que temos realizado no reforço da nossa rede de lojas próprias e de agentes oficiais Goldenergy. Queremos assim também continuar a aumentar os índices de satisfação dos nossos clientes”.

A empresa de energia diz ainda que lançaram um novo conceito de loja 100% verde e nacional.

“As novas lojas da Goldenergy, para além de cumprirem todas as regras de segurança impostas pela Direcção-Geral da Saúde para mitigar o contágio da Covid-19, são espaços sustentáveis e 100% verdes, sendo que todo o material usado, nomeadamente o mobiliário, é todo português, reciclável e reutilizável”, lê-se no comunicado.

Ler mais
Recomendadas

Lucro da Galp terá disparado 62% no primeiro trimestre com subida do preço do petróleo

A subida para 47 milhões de euros terá sido impulsionada pela unidade exploração e produção de petróleo e gás natural, que segundo o consenso das estimativas de 23 analistas divulgado pela empresa terá registado um aumento homólogo de 46,5% no EBITDA – resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização – para 419 milhões de euros.

“Centros comerciais são espaços responsáveis de consumo”, defende administradora da Sonae Sierra

Os centros comerciais reabriram esta segunda-feira e neste período de desconfinamento que se quer gradual, são alguns os cuidados a ter neste regresso às compras. Nesta “Fast Talk” da JE TV, Cristina Santos, administradora responsável pela gestão de centros comerciais da Sonae Sierra, explica como foi a preparação para a reabertura dos serviços não essenciais destes espaços.

Da relação entre Marcelo e Salgado às moradas falsas dos deputados. Ouça o podcast “Maquiavel para Principiantes” de Rui Calafate

“Maquiavel para Principiantes”, o podcast semanal do JE da autoria do especialista em comunicação e cronista do “Jornal Económico”, Rui Calafate, pode ser ouvido em plataformas multimédia como Apple Podcasts e Spotify.
Comentários