Google Maps atualiza camada que mostra evolução da pandemia

Os mapas mostram agora informações úteis e situação geral sobre a Covid-19 e ainda a lotação em tempo real dos transportes públicos.

A app Google Maps vai lançar uma atualização à sua camada ‘Dados sobre COVID-19’ que informa o utilizador sobre a evolução percentual do número de casos positivos de COVID-19, numa região.

Se tocarmos no nome do país, depois de ligar esta funcionalidade do Google Maps, surge uma opção na base da janela que permite ver notícias e informações oficiais sobre a situação de COVID-19.

Os mapas da Google começaram também a mostrar a lotação em tempo real dos autocarros, comboios ou metro, tendo em conta o «feedback dos utilizadores do Google Maps» – este é um recurso já está disponível em Portugal, quando for usada a opção de trajeto que inclua transportes públicos.

Para ver dados sobre esta lotação, tem de tocar na informação ‘Trajeto Recomendado’: aqui está uma opção que lhe permite dar feedback sobre a ocupação de comboios, autocarros e metro, em paralelo com a atual ocupação dos mesmos, como mostra a imagem em baixo.

PCGuia
Recomendadas

“Sobreviver a Pão e Água”. “Centenas” de membros do movimento dispostos a regressar à greve de fome se Governo não aprovar medidas exigidas

Movimento diz que Governo disse que iria apresentar em breve várias das medidas por si exigidas. Se até dia 11 de dezembro, não apresentar as restantes medidas ameaçam que com o regresso à greve de fome em frente ao Parlamento e por todo o país, com “mais de uma centena de pessoas”.

Natal e passagem de ano: estas são as 14 regras que vão vigorar

Restaurantes abertos até à uma da manhã nas noites de natal e de passagem de ano, e natal sem interdição de circulação entre concelhos são algumas da medidas que vão vigorar durante a época festiva. Governo avalia medidas a 18 de dezembro à luz da evolução da pandemia da Covid-19.

Costa adia anúncio de medidas de apoio para as rendas do comércio e da restauração

A 21 de novembro, o primeiro-ministro anunciou que as medidas de apoio para as rendas de lojas e restaurantes seria anunciada nos dias seguintes. Passados 15 dias, o Governo ainda não anunciou os apoios e adiou para a próxima semana.
Comentários