Google suspende negócios com a Huawei após lista negra de Trump

A Huawei vai perder imediatamente acesso a atualizações do sistema operativo Android, e a próxima versão dos seus smartphones fora da China vai também perder acesso a aplicações e servios, incluindo o Google Play Store e o Gmail app.

A Google suspendeu todos os negócios com a Huawei que exigem a transferência de produtos de hardware e software, à exceção daqueles cobertos por licenças de código aberto, disse uma fonte próxima à agência Reuters.

Esta semana Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe o uso de qualquer material da Huawei nos Estados Unidos e os resultados dessa medida já se começaram a fazer sentir, com a Google a suspender parte dos seus negócios com a gigante chinesa.

A Huawei vai perder imediatamente acesso a atualizações do sistema operativo Android, e a próxima versão dos seus smartphones fora da China vai também perder acesso a aplicações e servios, incluindo o Google Play Store e o Gmail app.

A gigante chinesa vai continuar a ter acesso à versão do sistema operativo Android disponível através da licença de código aberto que está livremente aberta e que pode ser usada por quem quiser. No entanto, a Google vai parar de fornecer qualquer suporte técnico e colaboração para a Huaweii.

Recomendadas

Porto de Lisboa já fornece navios com combustível mais amigo do ambiente

As novas regras da IMO – International Maritime Organization exigem que o novo combustível marítimo tenham um máximo de apenas 0,5% de enxofre.

José de Mello coloca 50 milhões de obrigações a 3,875% ao ano

Com esta operação, na qual o Banco Invest, e o Haitong Bank, S.A. atuam como Joint Lead Managers e Bookrunners e o Banco BIC Português, atua como Co-Lead Manager, a José de Mello Saúde, prossegue a sua estratégia financeira com foco na redução de risco de refinanciamento, tirando partido das condições atuais de mercado para alargar a maturidade média da sua dívida.

Kylie Jenner vende 51% do seu império de cosmética por 543 milhões de euros

“Juntas, Coty e Kylie, irão definir e liderar a direção estratégica da parceria, com foco na expansão global e entrada em novas categorias de beleza”, lê-se no comunicado conjunto das duas empresas.
Comentários