PremiumGoverno avalia redução da fatura da luz sem tocar no IVA

Cenários alternativos visam fazer face a coligação negativa temida por António Costa. Em cima da mesa está o reforço das contribuições para o Fundo Ambiental e maior redução do défice tarifário.

O Governo está a estudar alternativas à redução do IVA na eletricidade e do gás para garantir a redução da fatura da luz dos consumidores portugueses e combater uma eventual coligação negativa, onde BE, PCP e PSD convergem para aprovar a redução do IVA da eletricidade no próximo Orçamento do Estado. Em causa está a redução da conta da luz através do reforço do financiamento do défice tarifário que garantirá a redução na tarifa da componente de juros vencidos e o aumento das contribuições do Fundo Ambiental, revelou ao Jornal Económico fonte próxima ao Executivo de António Costa.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Relacionadas

PremiumPSD Madeira, PAN e Livre são ‘plano B’ para aprovar Orçamento

Voto favorável do PAN, do PSD-Madeira e do Livre pode garantir 116 votos no Parlamento que dão “luz verde” às medidas orçamentais para 2020. “Solução surpresa” permite prescindir de abstenção do BE.
Recomendadas

Portugal com 167 casos de infeção e uma morte por Covid-19

Região de Lisboa e Vale do Tejo regista o número mais elevado de infeções ao dia de hoje, tendo confirmado mais 116 casos em relação aos dados da véspera. O número de casos recuperados em Portugal aumentou para 37.565.

EUA esperavam 1,5 milhões novos empregos em julho. Foram criados apenas 167 mil

Número fica bem abaixo dos 1,5 milhões de novos empregos que os especialistas apontavam para este período nos EUA.

Vendas de retalho aumentam 5,7% na zona euro em junho

“Isto significa que o volume de trocas no retalho, em ambas as zonas, retomaram a níveis registados em fevereiro de 2020, antes do início das medidas de confinamento”, sustenta o Eurostat após o retalho observar aumentos pelo segundo mês consecutivo.
Comentários