Governo lança hoje campanha contra a violência doméstica

Executivo lança nova campanha pela eliminação da violência contra as mulheres. Desde janeiro, já foram registados e 21 homicídios de mulheres em Portugal, para além das situações que continuam invisíveis.

A secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, promove a campanha #VamosGanharALutaContraAViolência que é lançada nesta quarta-feira, 20 de novembro, a propósito do Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, que se assinala a 25 de novembro. Só em 2017 verificaram-se mais de seis mil ocorrências de violência doméstica. Desde janeiro já foram registados e 21 homicídios de mulheres em Portugal, para além das situações que continuam invisíveis.

Segundo o Executivo, a campanha apela a que todas as pessoas, não só as vítimas, denunciem situações de violência contra as mulheres.

Em comunicado, a secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade realça: ”queremos que as vítimas se sintam confiantes para pedirem ajuda e que as pessoas, que têm conhecimento de situações de violência, se sintam interpeladas e não hesitem em denunciar”. Rosa Monteiro realça aqui que “a denúncia, a procura de apoios e de informação são passos decisivos para encetar um processo de mudança e de superação, rompendo com ciclos de dúvida, medo e de sofrimento”.

A campanha realiza-se em conjunto com a Associação de Mulheres Contra a Violência, Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, a Associação Portuguesa de Mulheres Juristas, o Movimento Democrático de Mulheres, a Associação Plano I, a Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres, a União das Mulheres Alternativa e Resposta, e a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género.

O Executivo dá conta, em comunicado, que através de “uma extensa rede de parcerias” com a RTP, SIC, TVI, a Cofina Media, Global Media Group, Grupo Renascença Multimédia, Nos Cinemas, AHRESP, Grupo Barraqueiro, Galp, Metro Lisboa e Porto, vai ser possível difundir a mensagem a nível nacional e nas mais diversas plataformas.

GovernoE realça que “a violência doméstica é crime público”, pelo que “denunciar é uma responsabilidade colectiva”, recordando que existe um  serviço de informação, gratuito, funciona pelo telefone, 24 horas por dia para apoiar vítimas de violência doméstica através do número 800 202 148.

Recomendadas

O Jogo Económico: Veja aqui em direto o programa desta semana

Acompanhe o “Jogo Económico” em direto todas as quintas-feiras, às 21:00, no site e nas redes sociais do Jornal Económico. E reveja-o através da plataforma multimédia JE TV.

“Offline na condução, Online na vida”. Brisa reforça campanha de segurança no Natal

Esta iniciativa conta com o apoio institucional da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, do Instituto da Mobilidade e dos Transportes, da Federação Motociclismo Portugal, da BP e do piloto de MotoGP Miguel Oliveira, embaixador para a segurança rodoviária da marca.

Direto: Acompanhe a conferência do BCE com Mario Draghi

O presidente do BCE, Mario Draghi, dá esta quinta-feira, 13 de dezembro, a habitual conferência de imprensa após a reunião do banco central. Assista aqui em direto.
Comentários