Governo limita lucros na venda de álcool, gel e equipamentos de proteção

Depois das notícias que vieram a público denunciar os preços especulativos que estavam a ser praticados na vendas destes artigos, o Governo decidiu impor um limite nos lucros durante o Estado de Emergência. Na quinta-feira, o Executivo já tinha anunciado um teto máximo para os preços das garrafas de gás durante este mês.

O Governo anunciou hoje que vai impor um limite máximo de 15% na percentagem de lucro na comercialização de dispositivos médicos e de equipamentos de proteção, bem como do álcool etílico e do gel desinfetante cutâneo de base alcoólica. Esta imposição vai vigorar durante o Estado de Emergência.

A decisão foi tomada pelo ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, e pela ministra da Saúde, que têm o “poder de determinar as medidas de exceção necessárias à contenção e limitação de mercado, incluindo a possibilidade de limitação máxima de margens de lucro na comercialização de certos produtos”.

O Governo decidiu assim fixar a “percentagem máxima de 15% quanto ao lucro na comercialização por grosso e a retalho dos dispositivos médicos e dos equipamentos de proteção individual (…) bem como do álcool etílico e do gel desinfetante cutâneo de base alcoólica”.

Na quinta-feira, o Governo decidiu limitar os preços máximos nos preços das garrafas de gás durante o mês de abril, tendo decidido atuar “face ao aumento da margem de comercialização praticada pelos operadores retalhistas”. As garrafas de gás butano (13kg) e as de gás propano (11 kg) vão ter um preço máximo de 22,24 euros. O Executivo garante que está disposto a voltar a mexer nos preços se houver alterações nos mercados internacionais.

As empresas portuguesas dispõem de um regime excecional e temporário desde esta semana para “a conceção, o fabrico, a importação e a comercialização nacional de dispositivos médicos e equipamentos de proteção individual”, incluindo as máscaras comunitárias. Recorde-se que 200 empresas já se mostraram dispostas a fabricar estas máscaras, conhecidas como sociais, comunitárias ou não cirúrgicas.

“Para fiscalizar o cumprimento da Lei e, assim, assegurar a saúde pública, a segurança alimentar, a defesa dos consumidores e as regras da leal concorrência, a ASAE irá manter a sua ação no terreno”, segundo o Executivo.

A apresentação de queixas e denúncias relacionadas com eventuais ilícitos relacionados com a pandemia da Covid-19 pode ser apresentada nesta ligação.

 

Gás de garrafa com preço máximo de 22,45 euros durante o mês de abril

 

Relacionadas

Mais de 200 empresas nacionais estão dispostas a produzir máscaras sociais “made in Portugal”

A indústria nacional respondeu positivamente e em massa à necessidade de produzir em larga escala máscaras não cirúrgicas. Das 200 empresas, várias estão em condições de começar a produzir este tipo de máscaras já esta semana.

Gás de garrafa com preço máximo de 22,45 euros durante o mês de abril

O Governo decidiu atuar “face ao aumento da margem de comercialização praticada pelos operadores retalhistas”. As garrafas de gás butano (13kg) e as de gás propano (11 kg) vão ter um preço máximo de 22,24 euros. O Executivo garante que está disposto a voltar a mexer nos preços se houver alterações nos mercados internacionais.

Filipe Froes: “Todos vamos ter de usar máscara”

O médico pneumomologista e intensivista diz que ainda é cedo para abrir escolas e aliviar medidas e defende a realização de mais testes no país e alerta que há muitas perguntas por responder sobre a imunização.

“É possível que haja uma segunda vaga do coronavírus”, prevê epidemiologista

André Peralta-Santos defende a realização de mais testes para combater a epidemia, considera que o Estado de Emergência foi necessário, e que o Serviço Nacional de Saúde tem dado os passos corretos.
Recomendadas

Ricardo Salgado. Tribunal rejeita pedido da defesa para suspender julgamento por diagnóstico de Alzheimer

A defesa do antigo banqueiro Ricardo Salgado tinha pedido a suspensão do processo, mas juiz considera que a doença não é razão suficiente para que as “capacidades de defesa do arguido estejam limitadas de tal forma que o impeçam de se defender de forma plena.

Presidente e vice-presidente da ASFAC integram a direção da associação europeia do sector

Duarte Gomes Pereira e Leonor Santos, Presidente e Vice-presidente, respetivamente, da Associação de Instituições de Crédito Especializado (ASFAC) foram eleitos para integrar a Direção da European Federation of Finance House Associations (Eurofinas).

WeWork chega ao mercado bolsista

Entrada no mercado de ações acontece depois do entrave criado pela pandemia e de uma Oferta Pública Inicial (IPO) falhada.
Comentários