Greve pode piorar tempos de espera para tirar o cartão do cidadão ou passaporte

A greve do Sindicato Nacional dos Registos vai ter lugar entre esta segunda-feira e a próxima sexta-feira, o que deverá agravar os tempos de espera para renovar documentos de identificação oficiais.

A greve do Sindicato Nacional dos Registos pode complicar a vida para quem vai tirar o cartão do cidadão ou o passaporte esta semana.

A paragem decretada pelo Sindicato Nacional dos Registos (SNR) vai ter lugar entre esta segunda-feira e a próxima sexta-feira, avança a TSF.

“Os serviços podem estar de porta aberta para serviços mínimos, urgentes, mas a maior parte dos atos como tirar um cartão de cidadão ou fazer um divórcio e agendar outros atos vai ter um grande constrangimento a nível nacional nesta semana a seguir à Páscoa”, disse à TSF Rui Cardoso do SNR.

O sindicato critica o sistema remuneratório do setor, assim como a falta de pessoal, apontando que faltam 1.500 trabalhadores nestes serviços, defendendo o seu reforço.

Os tempos de espera para renovar documentos de identificação oficiais chega a atingir os dois meses em alguns concelhos, chegando a ser superior em muitos outros.

No início de abril, as primeiras vagas disponíveis para vários dos maiores concelhos do país só existem para daqui a dois meses, como em Lisboa, Sintra, Oeiras, Almada, Setúbal, Amadora, Odivelas ou Matosinhos, segundo o site dos agendamentos eletrónicos do Instituto dos Registos e do Notariado, avançou a TSF a 5 de abril.

Este site foi criado há quatro meses com o objetivo de agendar a emissão ou renovação de documentos oficiais. No departamento de identificação civil da Boa Hora em Lisboa, é mesmo preciso esperar até outubro. Já na loja do cidadão de Odivelas é preciso aguardar até agosto. Já noutros concelhos, o tempo de espera é menor, como Porto, Felgueiras, Maia ou Penafiel.

A Associação Sindical dos Conservadores dos Registos alerta que faltam 1.500 trabalhadores nestes serviços e defende o seu reforço.

Renovar cartão de cidadão ou passaporte: tempo de espera atinge os dois meses

Ler mais
Relacionadas

Renovar cartão de cidadão ou passaporte: tempo de espera atinge os dois meses

Para pedir a emissão ou renovação de documentos oficiais, há departamentos onde é preciso esperar quatro meses ou até mesmo seis meses.
Recomendadas

Queijaria de Jorge Coelho conquista prémio mundial

Para Jorge Coelho, administrador e promotor do projeto, “esta distinção representa a concretização de uma ambição da Queijaria Vale da Estrela que é o de elevar ao patamar da Excelência a qualidade de um produto como é o Queijo da Serra da Estrela DOP, ambição essa que faz parte da sua cultura”.

Infrações detetadas em greves da Ryanair em 2018 deram origem a três participações crime

A Autoridade para as Condições do Trabalho quer garantir “de forma inequívoca” o cumprimento da legislação nacional pela Ryanair.
André-Matias-de-Almeida-Antram.jpg

Antram espera entendimento com sindicato dos motoristas sobre serviços mínimos

A associação patronal espera atingir um entendimento com o sindicato de motoristas quanto à definição de serviços mínimos no âmbito do pré-aviso de greve lançado pela estrutura sindical.
Comentários