Grupo tecnológio IT People reforça laços com universidades e politécnicos

A empresa conta ainda com iniciativas pontuais com outros órgãos como as associações de estudantes.

O grupo de empresas tecnológicas IT People Group alargou o espetro de colaborações permanentes e pontuais com diferentes universidades nacionais, com o objetivo de “contribuir para a constante adequação dos conteúdos pedagógicos e de acelerar a integração de profissionais de tecnologias na vida ativa, especialmente nas áreas de mobile, Web e em tecnologias de ponta como realidade aumentada, mista e Blockchain”.

O IT People Group colabora atualmente com universidades como o ISCTE (Instituto Universitário de Lisboa), com o IPS (Instituto Politécnico de Setúbal), a UBI (Universidade da Beira Interior), com a Universidade Lusófona e com a Universidade Europeia, desenvolvendo “processos de cooperação mútua para melhoria dos currículos pedagógicos, protocolos de estágios profissionais bem como projectos de investigação conjunta”. A empresa conta ainda com iniciativas pontuais com outras faculdades ou órgãos como as associações de estudantes de nomes como a FEUP (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto), a Universidade Portucalense ou a Universidade de Évora.

Em maio, o IT People Group marcou presença no Upsell Summit no ISLA de Santarém, na Tecweb da Universidade Lusófona, com um workshop de Unity e teve uma participação conjunta na Feira Tektonica com o ISTAR (Centro de Investigação em Ciências da Informação, Tecnologias e Arquitectura) do ISCTE, onde deu a conhecer projetos de investigação e possibilidades da realidade aumentada para a área da arquitectura, gestão de activos para o setor imobiliário.

“A capacidade de nos situarmos perto dos jovens universitários – os nossos colegas de amanhã – percebendo as suas motivações e necessidades e facultando os nossos conhecimentos e experiência é um privilégio e, de igual forma, uma responsabilidade adicional. A troca de experiências com o meio académico enriquece todos e estamos muito orgulhosos por podermos colaborar com a academia em todos estes contextos”, disse Eduardo Vieitas, CEO do IT People Group.

PCGuia
Recomendadas

Danos reputacionais podem ser resolvidos pelo CIMPAS desde 1 de junho

Resolver litígios nos seguros em três meses é o objetivo do CIMPAS, o centro de arbitragem de seguros. Rute Santos, a diretora geral do organismo afirma que 70% dos conflitos ficam resolvidos. Os danos reputacionais podem ser alvo de reclamação no CIMPAS.

Negócio da nuvem cresce até 50% nas empresas de software

Empresários e gestores ligados às Tecnologias de Informação afirmam que já não há impedimentos à migração para ‘cloud’, tanto orçamentais, como de segurança.

PremiumFlixbus, a “Uber dos autocarros”, já tem 140 mil clientes em Portugal

A empresa só entrou em Portugal em 2017, mas já liga por autocarro mais de 20 cidades nacionais a mais de 50 destinos externos. Pablo Pastega quer a abertura do mercado de ‘Expressos’.
Comentários