Haitong Securities com 1,4 mil milhões de euros de lucro em 2020

O acionista do Haitong Bank – Haitong Securities  – anunciou um resultado líquido de 10,9 mil milhões renminbi (1,4 mil milhões de euros) em 2020, que compara com 9,5 mil milhões renminbi (1,2 mil milhões de euros) em 2019. O que traduz um crescimento de 14,2% em ano de pandemia.

O acionista do Haitong Bank – Haitong Securities  – anunciou um resultado líquido de 10,9 mil milhões renminbi (1,4 mil milhões de euros) em 2020, que compara com 9,5 mil milhões renminbi (1,2 mil milhões de euros) em 2019. O que traduz um crescimento de 14,2% em ano de pandemia.

A  Haitong Securities é uma empresa cotada nas Bolas de Shangai e Hong Kong, com uma capitalização bolsista de 135,6 mil milhões renminbi, equivalente a 17,4 mil milhões de euros.

O resultado antes de impostos atingiu os 15,8 mil milhões renminbi (ou dois mil milhões de euros), o que significa um crescimento de 14,6% face ao ano anterior.

As receitas totais foram de 38,2 mil milhões renminbi (4,7 mil milhões de euros), o que representa um crescimento homólogo de 9,5%, “beneficiando do bom desempenho dos principais mercados bolsistas e das atividades de trading, bem como do aumento do volume de transações”.

Os ativos totais da dona chinesa do Haitong Bank, somavam 694 mil milhões renminbi (86,5 mil milhões de euros), o crescimento homólogo de 8,9%.

O Haitong Bank apresenta resultados na próxima semana.

Ler mais
Recomendadas

PremiumBanco de Portugal admite não recorrer da decisão judicial no Banco Montepio

A sentença do recurso que o Banco Montepio e sete ex-administradores interpuseram às coimas aplicadas em 2019 pelo Banco de Portugal, agradou a gregos e a troianos, ao supervisor e arguidos.

Presidente do BPI diz que é preciso “encontrar soluções para moratórias agora, não em setembro”

O presidente do BPI diz encarar com “estranheza” o interesse do Novo Banco no Eurobic e defende que “não devíamos falar em setembro, mas sim agora” sobre o tema das moratórias.

DBRS mantém rating do Novo Banco em quarto nível de “lixo”

“Consideramos a oscilação dos rácios de capital do Banco em 2020, bem como o aumento da incerteza em torno da injeção de capital prevista no CCA. Isto vem na sequência da decisão do parlamento português de bloquear a inclusão de novos fundos no Orçamento de Estado de 2021”, diz a DBRS.
Comentários