Holanda está a testar semáforos no chão para peões viciados no telemóvel

Cidade holandesa implementou uma solução experimental para prevenir problemas com peões que vão a olhar para o telemóvel.

Ter os olhos no telemóvel é das posturas mais comuns até enquanto vamos a andar, o que pode ser um perigo, especialmente no que diz respeito ao trânsito. Na Holanda, já há uma solução experimental para este problema: uma cidade holandesa instalou luzes de trânsito no pavimento para que os peões que vão de cabeça baixa e olhos postos no telemóvel não corram o risco de não ver a sinalização.

Os semáforos horizontais colocados no chão funcionam da mesma forma que as verticais e vão alterando entre luzes verdes e vermelhas consoante o trânsito, como noticia a imprensa internacional. Para já há três sinais do género, colocados junto a escolas a cidade de Bodegraven, na Holanda. O objetivo é chamar a atenção de transeuntes distraídos pelos aparelhos como o telemóvel.

“Redes sociais, jogos, WhatsApp e música são distrações no trânsito. Podemos não ser capazes de mudar essas modas, mas podemos prevenir problemas”, explicou o vereador do município, Kees Oskam, em entrevista à “BBC”, sobre o sistema que se chama +Lichtlijn, ou linha de luz em português, e foi desenvolvido pela empresa holandesa HIG Traffic Systems

No entanto, a Associação Holandesa para a Segurança Rodoviária critica a decisão. “Não é uma boa ideia ajudar os utilizadores de telemóveis a olharem para eles”, afirmou o porta-voz da associação, Jose de Long ao jornal “DutchNew”. “Não queremos que as pessoas usem telemóveis quando estão na rua, mesmo que estejam só a dar uma volta. As pessoas têm de olhar sempre em seu redor, para verem se os carros param nos sinais vermelhos”.

Recomendadas

Futuro do planeta será tema de debate no webinar #4OurFuture esta quinta-feira

O webinar #4 Our Future, que irá decorrer esta quinta-feira, organizado pela ONG Business as Nature (BasN) e a Associação de Gestão de Resíduos (Electrão) terá o Jornal Económico como ‘media partner’.

Terceiro voo tripulado da SpaceX para estação internacional adiado para sexta-feira

Trata-se do terceiro voo tripulado da SpaceX – os outros dois foram em maio e novembro de 2020 – e do primeiro com dois parceiros internacionais, sendo que o francês Thomas Pesquet será o primeiro astronauta europeu a ser enviado para a EEI numa nave de fabrico norte-americano decorridos mais de dez anos.

Despesas dos municípios no combate à pandemia vão ser financiadas em 55 milhões por fundo europeu

O Governo decidiu que as autarquias serão as únicas entidades beneficiárias do Fundo de Solidariedade da União Europeia. Os gastos elegíveis envolvem compra de equipamentos e dispositivos médicos (ventiladores) equipamentos de proteção individual (máscaras, viseiras, luvas, batas…) ou despesas com hospitais de campanha.
Comentários