Hub de inovação da Mercedes já escolheu a morada em Lisboa

A multinacional alemã vai instalar-se na Factory Lisbon, no Hub Criativo do Beato, a partir de 2019. O ‘open space’ selecionado terá um parque verde no telhado e vista para o rio Tejo.

Mercedes-Benz

A Mercedes-Benz.io, o hub de inovação da fabricante automóvel alemã, já escolheu a nova em Lisboa. O espaço de transformação digital da multinacional vai instalar-se num dos open spaces da Factory Lisbon, no Hub Criativo do Beato.

O hub vai estar em funcionamento a partir de 2019 e terá um parque verde no telhado e vista para o rio Tejo, de acordo com a informação veiculada esta terça-feira pela Câmara Municipal de Lisboa.

De acordo com o executivo camarário, a Factory Lisbon, a organização que gere um dos maiores campus para startups e empresas tecnológicas na Europa, já está a remodelar os cerca de 10 mil metros quadrados da Fábrica de Massas e da Bolacha.

“Um dos aspetos mais marcantes do futuro edifício da Factory Lisbon, onde irão instalar-se várias startups, num total previsto de mais de 700 pessoas, é a abertura ao público de um miradouro jardim na cobertura, que com cerca de 2.000 metros quadrados, que permitirá a criação de áreas de estar e a realização de eventos numa franca relação com o rio”, assinala a autarquia liderada por Fernando Medina, em comunicado.

Recomendadas

Volkswagen investe 40 milhões de euros na expansão de parques eólicos e solares na Europa

A empresa informou ter como objetivo ser neutra em carbono em 2050 e que vai além da eletrificação dos veículos com o programa de descarbonização “caminho para Zero”.

BEI dá 75 milhões de garantia ao Deutsche Bank para financiar PME

O BEI concedeu uma garantia de 75 milhões de euros para o Deutsche Bank financiar as PME alemãs afetadas pela Covid-19. Trata-se de uma das primeiras titularizações sintéticas do FEI sob o novo padrão STS (de transparência e simplificação) e uma das primeiras no mercado.

Terceira dose da vacina contra a Covid-19 neutraliza Ómicron, anuncia Pfizer

No entanto, as empresas dizem ainda que estão confiantes de que vão ter uma versão da vacina específica contra a variante Omicron prontas para distribuir em março do próximo ano.
Comentários