IAPMEI abre portas a PME e startups na nova edição do Lisbon Beyond Summit

O IAPMEI marcará presença no maiorevento da indústria tecnológica, no âmbito da sua atuação integrada na Estratégia Nacional para o Empreendedorismo, que atualmente conta com 40 medidas para o desenvolvimento do ecossistema de startups.

Na qualidade de coordenador da ‘Enterprise Europe Network’ em Portugal, o IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação promove, no dia 6 de novembro, a 3.ª edição do Lisbon Beyond Summit, um brokerage event que se realiza anualmente, em paralelo à Web Summit.

O evento, avança o IAPMEI em comunicado, já regista mais de 300 inscrições de entidades oriundas de 23 países, com 224 reuniões bilaterais agendadas, o que representa um aumento substancial relativamente ao ano anterior.

O Lisbon Beyond Summit, dirigido a Pequenas e Médias Empresas (PME) e startups portuguesas, que queiram internacionalizar o seu negócio, tem como objetivo fomentar o desenvolvimento de parcerias de negócio entre empresas, bem como entre empresas e investidores portugueses e estrangeiros.

Ainda no contexto da Web Summit e no âmbito da Estratégia Nacional para o Empreendedorismo, representada neste evento pelo stand da StartUp Portugal, serão apresentadas, as medidas  Tech Visa (por Pedro Cilínio, diretor de Investimento para a Inovação e Competitividade Empresarial no dia 5 de novembro às 15h) e o  StarUp Visa (nos dias 6 e 7, às 12h, por Helena Moura, diretora de Empreendedorismo e Inovação).

O Tech Visa, dinamizado pelo IAPMEI, é uma das mais emblemáticas medidas da inscritas na Estratégia Nacional para o Empreendedorismo com o objetivo de apoiar as empresas na atração de recursos humanos altamente qualificados para Portugal, podendo ser utilizado por empresas de todos os setores de atividade.

A certificação Tech VISA simplifica os procedimentos de obtenção de visto e autorização de residência, e dessa forma facilita o recrutamento de talento em áreas relevantes para a competitividade nacional, por todas as empresas de todos os setores internacionalizáveis. No total, as 179 empresas certificadas já emitiram 695 termos de responsabilidade para trabalhadores altamente qualificados, dos quais 92% com formação em Ciências informáticas. Estes trabalhadores vêm maioritariamente do Brasil (526), Índia (27) e Federação Russa (9).

Já o StartUp Visa, também dinamizado pelo IAPMEI, é um programa de acolhimento de empreendedores estrangeiros que pretendam desenvolver um projeto de empreendedorismo e/ou inovação em Portugal, com vista à concessão de visto de residência ou autorização de residência para imigrantes empreendedores. Destina-se também a empreendedores estrangeiros, que queiram abrir uma empresa inovadora, tendo também acesso a um visto de residência ou autorização de residência. Este programa conta com o apoio de incubadoras certificadas pelo IAPMEI, enquanto entidades de acolhimento e apoio aos imigrantes empreendedores na criação e instalação de empresas de base tecnológica.

No âmbito do programa, já foram submetidas ao IAPMEI mais de 137 candidaturas. Até ao momento, mais de 90 empreendedores, oriundos de países fora da UE já foram aceites no programa StartUp Visa, que conta com 78  incubadoras certificadas.

O IAPMEI também estará presente no Latinx in Tech, um evento que reunirá em Lisboa os empreendedores digitais latino-americanos presentes no Web Summit, no dia 4 de novembro, às 10 horas, no auditório da Quidgest.

O objetivo do Latinx in Tech é oferecer uma plataforma de promoção das ideias de negócio destes empreendedores, dando-lhes a oportunidade de se associarem a líderes da indústria tecnológica, de inovação e de investimento portugueses e latino-americanos, promovendo um trabalho em rede que beneficie economicamente as duas geografias.

Ler mais
Recomendadas

Linha gratuita da Anacom de apoio à migração da rede TDT arranca hoje

A partir desta sexta-feira, qualquer utilizador da TDT pode ligar gratuitamente para o 800 102 002 e tirar dúvidas sobre o processo de libertação da faixa dos 700 Mhz, para dar lugar à quinta geração móvel (5G).

Regras da EBA sobre divulgação de malparado para bancos pequenos entram em vigor a 31 de dezembro

“O Conselho de Administração do Banco de Portugal aprovou a Instrução n.º 20/2019 que introduz no quadro normativo nacional as Orientações da Autoridade Bancária Europeia (EBA) sobre a divulgação de exposições não produtivas e exposições reestruturadas por parte das instituições de crédito menos significativas”, anuncia o supervisor bancário nacional.

Turismo: Dormidas a norte continuam em alta. Madeira é a única região a recuar

Segundo o INE, o Algarve concentrou 33,8% das dormidas, seguindo-se a AM Lisboa (23,9%) e o Norte (14,9%), sublinhando ainda que, desde o início deste ano, são de realçar os acréscimos no Norte de 9,6%,  de 7,9% no Alentejo e na RA Açores de 6,5%.
Comentários