IGCP vai trocar dívida do Estado que vence em 2021 por dívida que vence em 2030

A agência que gere a dívida pública nacional vai voltar ao mercado para realizar uma operação de troca de dívida.

O IGCP vai realizar uma oferta de troca de Obrigações do Tesouro no dia 27 de março de 2019. Essa operação irá realizar-se às 10 horas e passa por uma oferta de troca recomprando a uma emissão de Obrigações do Tesouro com maturidade em 2021 e em troca coloca uma emissão que vence a 15 de fevereiro de 2030.

Isto é, o IGCP propõe aos detentores de obrigações de uma emissão com maturidade em 15 de abril de 2021, que troquem estes títulos por obrigações com maturidade em fevereiro de 2030.

 

O IGCP compra: PTOTEYOE0007– OT 3,85% com maturidade a 15 abril 2021 e vende  PTOTEROE0014– OT 3,875% com maturidade a 15 fevereiro 2030.

Com estas operações de troca de dívida, o IGCP consegue alargar a maturidade média da dívida portuguesa, e também aproveitar as baixas taxas de juro atuais para diminuir o custo da dívida pública.

Recomendadas

Wall Street animada à espera de boa época de resultados

Setor tecnológico impulsiona Nasdaq e o mercado antecipa que as empresas que vão apresentar os resultados do segundo trimestre aumentem os lucros em 1%. O mercado também espera que a Fed corte as taxas de juro depois da reunião de julho, o que está a impulsionar os índices bolsistas.

Tensões no Médio Oriente impulsionam subida de 1,23% do Brent

A cotação do Brent subiu devido às crescentes tensões com o Irão, que levam os investidores a recear interrupções nos canais de abastecimento de gás e petróleo a partir do Médio Oriente.

Com ou sem acordo, pouco importa. Brexit vai mesmo empurrar o Reino Unido para uma recessão, estima ‘think tank’

O Instituto Nacional de Investigação Económica e Social britânico revelou que o Brexit terá consequências nocivas para a economia britânica, independentemente de ser um Brexit duro ou um Brexit suave. Mas, o PIB britânico será 5% mais baixo no caso de um Brexit duro.
Comentários