Imobiliária Nest Seekers entra no mercado português com escritório em Lisboa

A empresa ligada ao segmento alto, luxo e ultraluxo, vai abrir um escritório em Lisboa de forma a poder apresentar aos seus clientes e investidores internacionais as melhores e mais exclusivas propriedades de Portugal.

A imobiliária Nest Seekers International vai começar a operar no mercado português, “fruto de uma crescente procura  por parte dos seus clientes e investidores por propriedades em Portugal”, informa a empresa em comunicado.

Ligada ao segmento alto, luxo e ultraluxo, a Neste Seekers vai abrir um escritório em Lisboa de forma a poder apresentar aos seus clientes e investidores internacionais as melhores e mais exclusivas propriedades de Portugal. A Nest Seekers International com sede em Nova Iorque e Londres, possui 25 escritórios e mil agentes à escala global, estando presente em cidades como Manhattan, Londres, Palm Beach, Beverly Hills, Miami e Seoul.

A imobiliária é também responsável pela produção do programa ‘Million Dollar Beach House’, da plataforma Netflix, que acompanha o dia a dia da Nest Seekers na região dos Hamptons nos Estados, e promove as propriedades mais exclusivas da região.

Nuno Franco, Broker da Nest Seekers em Portugal, refere que a entrada no país “é um passo natural na expansão da empresa que quer estar presente nos locais mais apetecíveis do mundo”, acrescentado que cada negócio da empresa “é conceptualizado, projetado e construído inteiramente por departamentos específicos, criados para o efeito, dentro da própria estrutura da empresa”.

Recomendadas

Prestação da casa desce em março para contratos com Euribor a 3 e a 6 meses

Um cliente com um empréstimo no valor de 150 mil euros a 30 anos, indexado à Euribor a seis meses e com um ‘spread’ (margem de lucro do banco) de 1%, paga a partir deste mês 447,40 euros, o que traduz uma descida de 5,72 euros face à ultima revisão em setembro.

Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana investe 710 milhões para apoiar 15 mil famílias

Entidade assinou até ao fim de fevereiro acordos de colaboração com 25 municípios portugueses, (a que se junta, no caso do município de Évora, um acordo de financiamento com uma empresa municipal) no âmbito do programa 1º Direito.

Preços das casas para arrendar caiu 1% em fevereiro em Lisboa

Valor do m2 é agora de 11,1 euros. Em termos trimestrais a descida foi de 0,9% e a nível homólogo registou-se uma quebra de 3%.
Comentários